42 presos por homicídios contra policiais no Ceará desde 2015

Impacto
Impacto

foto-opovo-PMs-mortos-160611

 

Desde janeiro do ano passado, 25 agentes de segurança foram assassinados no Ceará. Entre as vítimas, 19 faziam parte da Polícia Militar e seis integravam os quadros da Polícia Civil, sendo um deles do Distrito Federal (DF). Por conta dos crimes, 42 pessoas foram presas ou apreendidas. As investigações resultaram na elucidação de 21 mortes — 84% dos casos.

 

Já as quatro ocorrências restantes continuam sendo apuradas. Entre elas, o caso de um sargento da Reserva da PM, executado na manhã de ontem, em Juazeiro do Norte. Foi o 11º caso de homicídio de agente de segurança só este ano.

 

José Farias do Nascimento, de 72 anos, foi assassinado a tiros, dentro de um comércio daquela cidade, localizada a 493 km de Fortaleza. Segundo informações da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), o crime aconteceu por volta das 9h30min, na rua São Paulo, no bairro Santa Tereza.

 

Nascimento estava no interior do estabelecimento quando foi surpreendido por um homem, que já chegou ao local efetuando disparos contra o militar. Três tiros atingiram o sargento, que morreu no local. Em seguida, o autor do crime fugiu, utilizando uma motocicleta modelo Honda Bros, preta. Diligências foram realizadas pelo município, mas o criminoso não foi identificado. Nenhum pertence foi roubado da vítima, conforme a Polícia Militar.

 

O caso está sendo investigado pelo Núcleo da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que funciona na Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. Ontem à tarde O POVO procurou o titular da unidade, delegado Giovani Aquino, mas ele não estava disponível para comentar o caso.

 

3º no ranking

 

Conforme O POVO publicou no último dia 14 de maio, segundo dados da Ordem de Policiais do Brasil (OPB), o Ceará é o terceiro estado do País com mais mortes de agentes da segurança. O Estado fica atrás somente de São Paulo e Rio de Janeiro, que, na ocasião, já haviam registrado 27 e 17 mortes, respectivamente. Entretanto, o efetivo da PM cearense é de 16.421 agentes — menos da metade de policiais de São Paulo, que tem 93.779 militares, e do Rio de Janeiro, com 47.457 agentes.

 

Informações O povo

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.