Notícias

69% acham que haverá desvio de verbas públicas para Copa

Powered by Rock Convert

O brasileiro é, antes de tudo, um descrente. Depois da euforia com que recebeu a notícia que o País sediaria uma Copa do Mundo, agora, às vésperas do evento-teste para o Mundial começar, revela-se com um pé atrás, para dizer o mínimo. O motivo da pulga atrás da orelha são os investimentos públicos em infraestrutura feitos para hospedar a maior festa do futebol internacional.  Esta é a principal revelação da pesquisa inédita Fora de Campo, realizada pela agência Hello Researche e divulgada nacionalmente ontem. De acordo com esta pesquisa, 71% dos brasileiros acreditam que haverá desvio nas verbas públicas destinadas às obras para as Copas. No Nordeste, este percentual fica só um pouco abaixo, 69% (veja infográfico nesta página).  Percentuais muito próximos do daqueles que acreditam que o dinheiro investido nos estádios deveria ser empregado na solução de problemas reais para ajudar a população: 73%, em nível nacional e 69% em nível regional.  O estudo detalha em que setores o pesquisado acredita que haverá desvio de recursos ou corrupção. E é neste momento que sobram suspeitas até para quem não é do setor público, como você constatará a seguir.  Para 71% dos brasileiros pesquisados, haverá malversação de verbas destinadas aos estádios (destes entrevistados, 27% acham que “Vai ter muito desvio”).  Sessenta e dois por cento desconfiam que este problema acontecerá também no dinheiro destinados às obras em aeroportos. Mesmo índice percentual, aliás, dos que apontaram suspeitas de que as obras de transporte público serão alvo de atos de corrupção.  No Nordeste, 63% dos pesquisados disseram acreditar em desvios nas obras em estádios; 51% em transporte público e 49% nos aeroportos.   Surpreendente mesmo foi o quarto setor em que os brasileiros apontaram desconfiança na gestão de recursos públicos para as Copas: a rede hoteleira, que, logicamente, é de propriedade privada. No Brasil, 58% disseram temer desvios nesta área; enquanto no Nordeste, foram 48%.  “Isso é um reflexo da descrença generalizada por que passam as instituições públicas no Brasil. Atinge até o meio privado”, analisa o diretor executivo da Hello Research, Davi Bertoncello (leia Bate-pronto ao lado).  Como nem tudo são espinhos, a pesquisa também traz alguns aspectos positivos. Para 59% dos brasileiros, a Copa será um sucesso porque o Brasil é o país do futebol (entre nordestinos, este índice é ainda maior, 61%).  E é no Nordeste onde mais se acredita que a Copa do Mundo no Brasil irá superar a da África do Sul em organização. A região é a única onde este índice supera os 50%.

http://www.opovo.com.br/

About Author

Comment here