Notícias

810 vagas temporárias serão criadas no Ceará

Powered by Rock Convert

A remuneração média deve ter um ganho de 5%, e ficará entre R$ 700 e R$ 1,8 mil, com direito a benefícios
A segunda data mais forte do varejo vai puxar a geração de vagas no mercado de trabalho. Para o Dia das Mães, a expectativa é de que o comércio cearense contrate de forma temporária 810 trabalhadores. Em todo o País, serão 31,5 mil postos de trabalho, 5% a mais do que o ano passado. O levantamento foi feito pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem). No ranking regional, o Ceará é o terceiro do Nordeste com maior número de vagas temporárias, atrás do Pernambuco e da Bahia.
As principais funções contratadas pelo comércio são atendimento, crediário, estoquistas, fiscais e promotores de venda FOTO: HONÓRIO BARBOSA
A remuneração média é outro fator que também evoluiu: 5% a mais ante igual período do ano passado e deve ficar entre R$ 700 e R$ 1,8 mil, com direito a benefícios como vale-transporte e vale-refeição.

Oportunidade

Luiza Veras, 24, é vendedora de uma loja de roupas que fica na Avenida Monsenhor Tabosa, no Centro de Fortaleza. Segundo ela, muitas pessoas já foram deixar os seus currículos em busca de emprego. “Desde a semana passada o número de pessoas que deixam os currículos tem crescido muito, com certeza vamos precisar de mais vendedores para os próximos dias, pois o movimento já tem aumentado, não só aqui, como nas outras lojas”, analisa a vendedora.
Thaísa Almeida, 28,é divorciada e mãe de dois filhos: Pedro (11) e Arthur (6). Ela sempre aproveita esses períodos de busca por vendedores para arranjar um “bico” nas lojas de roupas e sapatos. Segundo ela, “é a forma mais fácil de conseguir um trabalho, pelo menos por aquele período, já que as contratações são mais difíceis de acontecer”. A vendedora comenta que por onde trabalhou, nunca deu certo continuar com contrato fixo. “Eu ainda tentei me firmar na loja que eu trabalhei de outubro do ano passado a fevereiro desse ano, mas não consegui, quando terminou meu contrato ele não foi renovado”, explica.

Primeiro emprego

De 2010 para cá, o número de contratações passou de 26 mil para 31,5 mil. A taxa de efetivação dessas contratações estão sempre entre os 10%. Em 18% dos casos, esse é o primeiro emprego desses jovens. “Empregados temporários são muito aproveitados porque têm oportunidades naquele período de mostrar seus talentos”, comenta Honório Pinheiro, presidente da Federação das CDLs do Ceará.
“As empresas apreciam muito e gostam muito de aproveitar, tem que haver um equilíbrio na hora de voltar à realidade. A quantidade de pessoas contratadas posteriormente é em função da demanda e isso varia muito por setor. Geralmente, o nível de aproveitamento é acima de 50%, mas enfatizo que depende de setor para setor, nada está garantido com relação a isto”, conclui Pinheiro.

http://diariodonordeste.globo.com

About Author

Comment here