Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




Clínica é assaltada duas vezes no intervalo de 15 dias no bairro Parquelândia, em Fortaleza

Postado: 6/11/2018 - Categoria: Notícias - Comentários: 0 comentáio - 244 views

Download PDF

Segundo os funcionários, um dos suspeitos participou do primeiro roubo, no fim do mês de outubro

Uma clínica de exames de radiologia, no bairro Parquelândia, foi alvo de dois assaltos no intervalo de 15 dias. O último aconteceu na tarde desta segunda-feira (05) e foi registrado por câmeras de segurança do proprio estabelecimento. Segundo os funcionários, um dos suspeitos participou do primeiro roubo, no fim do mês de outubro.

 

Uma funcionária, que não quis se identificar por medo, disse que os dois homens que participaram do assalto agiram com muita violência. Na primeira ação, um deles chegou a atirar duas vezes, mas a arma não funcionou. E, no roubo desta segunda, eles ameaçaram as vítimas dizendo: “me dê logo o celular, se não estouro os seus miolos”, relataram as testemunhas.

 

“Quando eu vi que ia ser assaltada, corri para a outra sala. Eu fiquei escondida, ligando para a viatura, e tranquei a porta. Quando eu sai, já tinha acontecido tudo. Eles já tinham assaltado e foram altamente violentos”, disse a funcionária.

 

 

Câmera registra momento do assalto

 

Nas imagens gravadas pelas câmeras de segurança é possível ver o primeiro suspeito entrar na clínica se passando por cliente, por volta das 14h. O homem de camisa verde vai direto ao balcão e pergunta lá se faz o procedimento de obturação. Após escutar das funcionárias que não faziam, ele sai da clínica. A testemunha disse que ele ficou escondido atrás de um poste, do lado de fora do estabelecimento.

 

Minutos depois, outro suspeito de camisa listrada entra e aguarda a porta ser aberta. Assim que liberam a entrada, com a arma nas mãos, ele anuncia o assalto. O outro suspeito que estava escondido do lado de fora também entra. A ação foi rápida.

 

Foram roubados uma quantia de R$500,00 e celulares de clientes e funcionários.

 

Em nota, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informou que o 10º Distrito Policial (DP) investiga o assalto. “A Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada e realizou buscas pela região, no entanto ninguém foi preso até o momento”, informou. As imagens gravadas serão utilizadas no trabalho policial.

 

Diário do Nordeste



Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!