Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




Malévola – na calada da noite, Monica Aguiar tenta liminar para barrar nomeação dos aprovados no Concurso de 2012.

Postado: 12/01/2019 - Categoria: Camocim - Comentários: 0 comentáio - 110 views

Download PDF

 

 

Dezenas de camocinenses, entre eles muitos pais e mães de família, tiveram um natal muito feliz e especial, isso devido à confortante notícia da convocação dos aprovados no Concurso de 2012, cujo edital fora publicado no dia 21 de dezembro de 2018.

 

Após as comemorações, os aprovados começaram as articulações, inclusive as de cunho financeiro para custear as despesas com documentações e exames, em muitos casos, gastando o pouco ou mesmo o que não tem, recorrendo-se ao apoio de familiares ou ainda a empréstimos. Outros tantos começaram a saga de voltar para casa, deixando empregos e aparentes seguranças em nome de um sonho que se arrasta por seis anos: assumir uma vaga no serviço público alcançada por mérito próprio.

 

Apesar de tudo isso, a Prefeita Monica Aguiar, em mais uma demonstração de insensibilidade, insiste em sua perversa obstinação: resistir ao concurso de 2012, fazendo valer todas as brechas que a justiça lhe oferece, para prolongar ainda mais a dor de dezenas de camocinenses.

 

Isso mesmo! Apesar de colecionar sucessivas derrotas, Monica Aguiar, contra a maciça opinião pública, inclusive de seus aliados, tenta mais uma vez frustrar o sonho de aproximadamente 400 camocinenses e de seus familiares com um infeliz pedido de liminar apresentando no dia 20 de dezembro de 2018 junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Ceará.

 

O Município de Camocim, num catatal de 387 páginas, interpôs um agravo de instrumento onde pede que seja concedida medida liminar para atribuir efeito suspensivo à decisão de nomear os aprovados no Concurso de 2012, sábia e justa decisão dada pelo Dr. Antonio Whashington Frota (então juiz da 2ª Vara da Comarca de Camocim), no dia 28/10/2018.

 

O Processo (nº 0632418-70.2018.8.06.0000) encontra-se nesta data concluso ao relator Antonio Abelardo Benevides Moraes, correndo na 3ª Câmara de Direito Público. Tal fato ressoa como um forte sinal do inconformismo da Prefeita diante da claro direito dos aprovados.

 

Lamentavelmente, a Prefeita Monica Aguiar, tendo em suas mãos a chance de fazer o bem, mais uma vez a desperdiça, optando por dar cabo a uma perversidade que tanto mal faz a irmãos camocinenses, o que também prejudica o serviço público tão necessitado de servidores efetivos, tão necessitado de regularidade no desenvolvimento das atividades.

 

O Sindicato APEOC alerta que a convocação permanece válida. Portanto, aos aprovados no concurso de 2012, nossa palavra é de ânimo. Não durmam no ponto e nem esmoreçam: continuem providenciando e entregando a documentação.

 

Estamos juntos até o final desse prolongado drama, sempre movidos pela expectativa de que a vitória é certa e Mônica Aguiar não irá nos tirar.  Nomeação Já!”

 

Carlos Jardel

 

Sindicato APEOC – Camocim



Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!