ChuvaNotíciasPolítica

Açude que corria risco arromba em Solonópole

Powered by Rock Convert

Medidas preventivas de alerta à população e rebaixamento de sangradouro adotadas pela Prefeitura evitaram tragédia na cidade

 

 

Uma ação preventiva da Prefeitura de Solonópole evitou uma tragédia na cidade, localizada no Serão Central, em decorrência do rompimento de um açude particular, na Fazenda Vila Zenaide, distante apenas 3 km do centro urbano. A barragem arrombou por volta das 23 horas da última sexta-feira, 22. Máquinas e operários horas antes trabalharam na abertura de um sangradouro de emergência, escoando parte da água represada.

 

“Evitamos uma tragédia na cidade”, disse o prefeito de Solonópole, Webston Pinheiro, que é engenheiro civil. Ainda na tarde da sexta-feira passada, o gestor tomou conhecimento de que havia um risco alto de arrombamento do açude. “Fui de imediato com o secretário de Infraestrutura, Ednaldo Dantas, e a equipe da Defesa Civil do município e observei que a barragem iria arrombar porque havia uma fenda e vazamento”, explicou. “A parede não iria suportar a pressão”.

 

Uma máquina retroescavadeira foi deslocada até o açude, que barra o riacho Zé Nunes, um braço ou afluente do riacho do Sangue. “Decidimos fazer um rebaixamento do sangradouro, cortar uma parte da parede para escoamento da água”, disse o secretário de Infraestrutura, Ednaldo Dantas.

 

Agentes da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) visitaram os moradores do Conjunto Cohab que fica às margens do Riacho do Sangue, uma parte baixa da cidade, no fim da tarde da última sexta-feira e pediram aos moradores que deixassem as suas casas. A medida de evacuação era preventiva. “Felizmente, não houve maiores transtornos, danos materiais e nenhuma casa e pessoa foram atingidos”, comentou o gestor municipal.

 

 

Nota de alerta

 

No dia anterior, a Prefeitura de Solonópole divulgou nota oficial alertando os moradores do Conjunto Cohab sob o risco de arrombamento do ‘Açude do Dráulio’ que estava comprometido com as últimas chuvas caídas no município e apesar de reparos feitos na parede pelo proprietário e pelo município no decorrer da semana.
As águas do açude particular chegaram ao Açude Riacho do Sangue (Boqueirão) que barra o riacho de mesmo nome, na Bacia do Banabuiú, e abastece a cidade de Solonópole. O reservatório que estava com apenas 0,3% de seu volume, quase seco, agora recebeu uma recarga de 2 metros em coluna de água.

Erro de construção

 

O açude da Fazenda Vila Zenaide já havia arrombado anteriormente. A barragem foi construída há cerca de quatro anos.

 

Na última semana, o açude estava sendo monitorado pela Defesa Civil e secretaria de Infraestrutura do município.

 

O prefeito Webston Pinheiro acredita que houve erro na construção do reservatório. “A parede foi mal compactada, o material usado não é bom”, avaliou. “Acredito que o açude será reconstruído pelo proprietário, mas agora a Prefeitura vai monitorar, acompanhar o serviço de reconstrução”, pontuou o gestor.

 

Fiscalização 

 

O caso do arrombamento do açude em Solonópole exige das autoridades o monitoramento de outros reservatórios particulares no sertão cearense. Nos últimos anos, houve a construção de milhares de reservatórios, em fazendas, barrando riachos, graças a financiamento de bancos oficiais. Por isso, há necessidade de fiscalização e acompanhamento da situação de segurança dessas barragens, além dos grandes açudes públicos do Dnocs.

 

 

Vídeo foi gravado de açude cheio, antes do arrombamento. Assista:

 

 

DN

About Author

Comment here