Acusados da morte de Dandara podem pegar até 30 anos de prisão

Impacto
Impacto

dandara1destacada-560x362

 

 

Os cinco acusados presos pela morte da travesti Dandaraforam ouvidos na 1ª Vara do Júri, nesta terça-feira (5).

 

Francisco José Monteiro de Oliveira, Isaías da Silva Camurça, Jean Vitor da Silva Oliveira, Júlio Cesar Braga da Costa e Rafael Alves da Silva Paiva seriam os responsáveis pela agressão e morte da travesti.

 

O advogado de um dos suspeitos defende que cada um seja julgado conforme sua participação. Os presos foram denunciados por homicídio triplamente qualificado por motivo fútil e que impossibilitou a defesa da vítima. Eles podem ser condenados de 12 a 30 anos de prisão.

 

Dos 12 acusados de participação da morte, três estão foragidos – entre eles Francisco Wellington Teles, o que levou Dandara para o local do espancamento.

 

Esse ano, o Centro de Referência Janaína Dutra já registrou 98 casos de violação dos direitos LGBT, com a confirmação de 16 assassinatos. Para o coordenador Téo Cândido, a punição dos responsáveis pela morte da travesti servirá de exemplo.

 

Tribuna do Ceara

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.