Notícias

“Água para Todos” é lançado em Redenção

Powered by Rock Convert

O distrito de Guaci, distante 15 quilômetros da sede do município de Redenção, no Maciço do Baturité, sofreu, em 2012, com a estiagem e a falta d’água. O agricultor Manoel Eliseu Pinheiro viveu esta situação de perto, mas tem esperança de que o quadro vai mudar.

“Está chovendo bem nestes dois primeiros meses e nós estamos animados por termos água o ano todo”. Manoel Eliseu referia-se aos benefícios que o Programa Água para Todos vai levar à sua comunidade e a todo o município de Redenção.  Ontem, A Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA). lançou oficialmente o Comitê Municipal do Programa, que vai acompanhar e coordenar as ações no município e selecionar as famílias que serão beneficiadas com 1.523 cisternas de polietileno e cinco sistemas simplificados de abastecimento de água. O investimento total será de R$ 9,33 milhões.  O prefeito de Redenção, Manoel Soares Bandeira, destacou que o município está recebendo um importante projeto de desenvolvimento regional. “Vamos agora ter água o ano inteiro, e água de qualidade. A Prefeitura agora tem a responsabilidade de acompanhar o funcionamento deste comitê, atendendo as comunidades que mais precisam”, afirmou.

Unilab
A solenidade aconteceu na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), e reuniu também, autoridades dos municípios da região do Maciço de Baturité. A vice-reitora da Unilab, Maria Elias Soares, destacou que a instituição é parceira do programa. “Nós colocamos à disposição deste comitê, toda a nossa capacidade técnica e a nossa estrutura física. Vamos incentivar nossos alunos de Agronomia a acompanhar este trabalho”, afirmou. O programa Água para Todos é um convênio entre o Estado do Ceará e o Ministério da Integração Nacional, através da Secretaria de Desenvolvimento Regional. O investimento total é de R$ 200 milhões. O secretário Nelson Martins destacou que o objetivo do programa é universalizar o abastecimento d’água até o final de 2014. “Para isso, nós contamos com a importante parceria dos municípios e dos movimentos sociais, que conhecem as demandas de cada comunidade e têm como identificar as que realmente precisam de água”, afirmou.

Cisternas
Ainda sobre a universalização do abastecimento d’água, o secretário Nelson Martins destacou que a SDA já construiu 65 mil cisternas de placas e outras 33.400 estão em andamento. Outros 7.845 quintais produtivos com cisternas de enxurrada e barragens subterrâneas estão em andamento. Esta ação é uma parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O secretário Nelson Martins ressaltou que o Ceará é o Estado nordestino que mais investe na universalização do abastecimento d’água. “Queremos mostrar que a seca é um fenômeno natural e estamos oferecendo condições para o agricultor produzir e ter oportunidade de renda”, completou.

oestadoce.com.br

About Author

Comment here