Notícias

Alíquota do IPI começa a subir

Powered by Rock Convert

O Ano Novo começou com o retorno gradual do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que incide nos veículos zero quilômetro. O primeiro dia útil da alíquota, que passou a ser de 2% nos carros com motor até 1.0 e de 7% para aqueles com motor flex de 1.0 a 2.0, foi de movimento nas concessionárias. No entanto, quem está começando a sentir os efeitos positivos da redução dos descontos são as lojas de seminovos. O varejo espera um aumento nas vendas de até 20% em relação ao mês passado. O índice está longe de cobrir a perda acumulada do setor, que nos últimos seis meses chegou a quase 50%, mas um presente que indica um cenário de recuperação.

Janeiro é um mês tradicionalmente de boas vendas de carros usados. De acordo com o presidente da Associação dos Revendedores de Veículos de Pernambuco (Assovepe), Antonio Selva, o primeiro mês do ano encerra o trimestre de superaquecimento do setor. “Em novembro e dezembro, a situação foi muito difícil porque o IPI dos carros 1.0 estava zerado e os com motor flex reduzido. Praticamente não vendemos nada. O começo do ano já era bom, agora pode significar a nossa recuperação”, afirmou Selva.

A previsão otimista é a mesma do gerente da Sena Auto Shopping, Thiago Andrade. Segundo ele, os consumidores repensarão na hora de comprar o carro, já que a alíquota do IPI voltou a incidir nos veículos. “Na dúvida, os clientes vão buscar o seminovo, que já tem um preço atraente. Não dá para garantir agora de quanto vai ser nosso crescimento, mas depois do dia 15 já teremos ideia do quão bom será esse início do ano para a gente”, apostou. Desde dezembro, o setor de carros usados conta com o único benefício dado pelo governador Eduardo Campos. Os veículos estão sendo vendidos sem a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Abatimento que pode representar até 15% de redução no preço final do automóvel.

Ainda segundo Antonio Selva, uma medida dos bancos pode trazer mais alento para o setor, acabando com um dos maiores entraves das vendas, o financiamento. “Para comprar um carro seminovo financiado, é preciso dar uma entrada de 30% e os contratos são muito rígidos. Este mês a entrada vai continuar, mas os acordos serão mais flexíveis, o que vai trazer mais vendas”, garantiu.

Nas lojas de carros novos, o primeiro dia com a diminuição do desconto no IPI também foi de boas vendas, surpreendendo os vendedores. A gerente do setor de Veículos Novos da Eurovia Renault, Michele Melo, comemorou o bom movimento. “Nem a chuva e nem o aumento do IPI atrapalharam as vendas. Os clientes estão vindo cientes do retorno do imposto e estão comprando. Do jeito que foi hoje (ontem) o mês será muitas vendas”, declarou.

LINHA BRANCA

Janeiro também é o último mês de IPI zero para os painéis e laminados, e também para os eletroeletrônicos da chamada linha branca, que inclui geladeiras, fogões e máquina de lavar. De fevereiro a junho, haverá a cobrança de alíquotas intermediárias desses produtos.

Fonte: folhape.com.br

About Author

Comment here