CidadesNotíciasPolicia

BARROQUINHA-CE: POLÍCIA MILITAR DEFLAGRA OPERAÇÃO E PRENDE QUARTETO ACUSADO DE ASSALTO A MÃO ARMADA E ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA

Powered by Rock Convert

Uma operação deflagrada por policiais militares da Companhia de Camocim (Patrulha do Coronel Eduardo, patrulha do destacamento de Chaval e do destacamento de Barroquinha) culminou com a prisão de uma quadrilha armada acusada de assaltar e amarrar em um matagal um casal na localidade de Venâncio, zona rural de Barroquinha. Segundo as informações a quadrilha tinha como objetivo assaltar um empresário da cidade de Chaval.

Conforme as informações enviadas pela PM ao Camocim Polícia 24h, era por volta de 20h de quinta-feira, 04, quando a Polícia Militar em Chaval foi informada que no viveiro de camarão do senhor José Estaca se encontrava um casal que havia sido assaltado, amarrado e tido seu carro Fiat Punto de cor prata roubado.

Imediatamente os pm’s foram ao local e encontraram as vítimas, o Sr. Francisco da Silva, 40 anos, e sua companheira Naiane Neres da Silva, de 22 anos. O homem teria informado que estava na localidade de Venâncio/Barroquinha, com sua companheira quando alguns indivíduos em dois veículos sendo eles um Fiat Siena de cor preta e um Ford Ecoesport cor branca, chegaram e os abordaram, tomando de assalto seu veículo e outros pertences pessoais.

Em seguida a quadrilha amarrou o casal nas proximidades do assalto. Em dado momento o casal conseguiu se soltar e conseguiu pedir ajuda acionando a Polícia Militar. 

Operação exitosa 

A partir do momento que tomou ciência, foi montada uma operação policial supervisionada pelo Tenente Coronel Eduardo, Comandante da Companhia da PM de Camocim. A região toda foi cercada por equipes policiais e o casal vítima do roubo e cárcere privado entrou na viatura da PM de Chaval e passaram a diligenciar na região, sendo que momentos depois se depararam com o veículo Ford Ecoesport que tinha como condutor José Ari Gonçalves da Silva Júnior, 28 anos, natural de Fortaleza, o qual logo foi reconhecido pelas vítimas como um dos assaltantes.

Minutos depois o policiamento conseguiu abordar o veículo roubado das vítimas (Fiat Punto) e dentro vinha mais dois indivíduos identificados como Antonio Érico de Oliveira Fontoura, 34 anos, natural de Maracanaú, e José Mateus Sousa da Silva, 20 anos, natural de Fortaleza.

Com estes dois últimos foram apreendidos um revólver calibre 38 com seis munições intactas, um simulacro de pistola e duas chaves michas.

Mensagem Whatsaap 

Quando já estavam com o trio criminoso em “mãos” os pm’s perceberam que havia chegado uma mensagem via Whatsaap para um dos indivíduos. Na mensagem outro elemento comunicava que o restante da quadrilha estava esperando em frente o Banco do Brasil de Barroquinha.

Diante da informação as equipes policiais do Coronel Eduardo, do destacamento de Barroquinha e do destacamento de Chaval foram até a referida cidade e quando se aproximavam, um veículo Fiat Siena de cor preto tentou empreender fuga, sendo preciso os pm’s efetuarem disparos no pneu do dito veículo.

Desta maneira o veículo foi abordado e dentro havia um homem identificado como João ítalo Gomes de Aguiar, 26 anos, natural de Fortaleza e uma mulher identificado como Jéssica.  

Quarteto preso em flagrante 

Diante dos fatos todos os envolvidos foram conduzidos para a DPC de Camocim onde o caso foi repassado ao delegado plantonista Everton José Pesse, que resolveu autuar em flagrante sob acusação de Assalto (artigo 157, § 2º-A, I do CPB) e Associação Criminosa (artigo 288 § único, do CPB) os indivíduos José Ari Gonçalves da Silva Júnior, Antonio Érico de Oliveira Fontoura, José Mateus Sousa da Silva e João ítalo Gomes de Aguiar. 

Ainda de acordo com a Polícia Militar, João Mateus também foi autuado de acordo com o artigo 213 do CPB.

Quanto à Jéssica, a mulher que estava com a quadrilha, o delegado entendeu que ela não participou da ação criminosa, pois ela teria declarado que era apenas namorada de Antônio Érico, o qual havia lhe chamado para ir com ele a cidade de Chaval em seu veículo Siena preto para resolver assuntos pessoais e que não tinha conhecimento da intenção dele de praticar o ato criminosa.

A mulher ainda disse que não teve participação no ocorrido, apenas ficou dentro do carro e que não podia deixá-los pois não conhecia a cidade onde estava e não tinha como voltar para sua casa. 

O quarteto criminoso já se encontra recolhido em um presídio. 

Efetuaram as prisões: 

Patrulha do Comando: Tenente Coronel Eduardo, Sgt Mardônio e Cb Viana

Destacamento de Chaval: Sgt Genilson, Sds Felipe Brito, Thaynan, Ribeiro e Ênio 

Destacamento de Barroquinha: Sgt Vieira, Sgt Pereira, Sds Nascimento e Raone

Camocim Polícia 24h 

About Author

Comment here