EconomiaNotíciasPolítica

Blocos do Carnaval Cultural ocupam secretaria em Aracati após levarem balão de Bismarck

Powered by Rock Convert

blocos-do-carnaval-cultural-ocupam-secretaria-em-aracati-apos-levarem-balao-de-bismarck

blocos-do-carnaval-cultural-ocupam-secretaria-em-aracati-apos-levarem-balao-de-bismarckOs blocos culturais de Aracati acabam de ocupar a sede da Secretaria de Cultura do Município. Os manifestantem protestam contra a falta de repasse para a realização do Carnaval Cultural no município. O prefeito Bismarck maia (PTB) se comprometeu a repassar R$ 72 mil ao Instituto Manuel Braga, que seriam destinados aos seis blocos do Carnaval Cultural. Mas a Câmara dos Vereadores não votou a medida.

 

A Prefeitura enviou o projeto de lei nº397/2017 liberando o repasse na segunda-feira (20) à Casa, porém, sob protestos da população contra a falta de repasses da Prefeitura ao Hospital e Maternidade Santa Luiz de Marillac – prestes a fechar as portas – a votação foi adiada para evitar constrangimento ao presidente da Câmara, Valdy Menezes (PT).

 

O Instituto Manuel Braga é ligado a Valdy e à sua esposa, a vice-prefeita Denise Menezes (PT). Sem a verba, os blocos culturais não podem realizar o Carnaval Cultura, tradicional festa do município. A ocupação da secretaria visa a forçar o diálogo com a Prefeitura e garantir o repasse aos blocos. O bloco Moqueca de Canoa já desistiu do evento.

Enquanto os blocos esperavam uma resposta de Bismarck sobre o impasse, a vice-prefeita teria entrado em contato com os manifestantes mandando parar com a “baderna”. Denise ainda teria chamado o carnaval cultural de “porcaria”, entre outras coisas.

 

Bismarck vaiado

 

Na manhã da segunda-feira (20), em pronunciamento durante o início dos trabalhos da Câmara dos Vereadores, Bismarck foi vaiado pela população, que já protestara mais cedo contra a falta de diálogo do gestor e o descaso com a saúde. Enquanto o prefeito liberou de R$ 5,2 milhões para o megacarnaval do município, a única maternidade de Aracati anuncia o fechamento das portas por falta de repasse. Segundo as Irmãs Vicentinas, que administram a instituição, a Prefeitura deve mais R$ 462 mil ao hospital.

 

Filho do prefeito Bismarck acusa Irmãs Vicentinas de fazerem ‘chantagens’ com Prefeitura de Aracati

 

Por Maurício Moreira

 

About Author

Comment here