Calendário avança e TRE marca reunião para definir ordem de apresentação de candidatos na propaganda de rádio e TV

Impacto
Impacto

O calendário das eleições de 2022 avança: após encerrado o prazo para registro de candidaturas, o Tribunal Regional Eleitoral, TRE, realiza audiência pública, na próxima quinta-feira, a partir das 9 horas, com representante dos partidos e federações e da Associação das Emissoras de Rádio e Televisão (ACERT), para deliberação sobre o Horário Eleitoral Gratuito. A reunião será comandada pelo coordenador do Juizado Auxiliar da Propaganda, juiz Demétrio Saker.


O tempo destinado aos candidatos proporcionais – deputado federal e deputado estadual, e majoritários – governador e senador, será definido de acordo com o número de representantes na Câmara Federal.


SORTEIO DA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATOS


Durante a audiência pública, será feito o sorteio da ordem de veiculação da propaganda em rede de cada partido político, federação ou coligação para o primeiro dia do horário eleitoral gratuito, bem como a leitura, análise e assinatura do acordo firmado entre a ACERT e as agremiações partidárias para entrega das mídias.


O TRE determinou que, em atenção às regras sanitárias, a utilização de máscaras de proteção é recomendada para acesso e permanência no prédio da Justiça Federal onde será realizada a reunião.


ESTIMATIVA DE TEMPO NO RÁDIO E NA TV


A aliança liderada pelo União Brasil, com a participação do PL, Republicanos, PTB, Pros, Podemos e Avante, que tem o Capitão Wagner como candidato ao Palácio da Abolição, deve ficar, pelos cálculos preliminares, com 3 minutos e 32 segundos, enquanto Elmano de Freitas, que reúne apoio de 10 partidos – PT PC do B, PV, PSOL, REDE, MDB, PP, PROS, Solidariedade e PRTB, somará, pelo menos, 3 minutos e 21 segundos.


Em terceira posição, entre as siglas com mais estrutura, aparece Roberto Cláudio, que conta, nesse momento, com 1 minuto e 50 segundos, reunindo o PDT e o PSD, mas espera decisão do TSE para incluir, em seu palanque, o PSDB e o Cidadania, ampliando, assim, o tempo na propaganda de rádio e televisão. Uma ampla articulação entre o senador Tasso Jereissati e o presidenciável Ciro Gomes garantiu um acordo para o PSDB e o Cidadania apoiarem Roberto Cláudio, mas o futuro dos dois partidos nas eleições depende de decisão judicial.

(*) Com informações do TRE

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.