Ceará e Fortaleza negam possibilidade de exclusividade com Castelão

admin
admin

Mesmo com semifinais marcadas no Castelão, diretorias de Ceará e Fortaleza negam possibilidade de exclusividade e confirmam discordâncias com a Arena.

A Arena Castelão voltará a receber jogos de Fortaleza e Ceará quase um mês depois da rodada dupla inaugural. O avanço para as semifinais da Copa do Nordeste despertou acerto que parecia distante, mas ocorreu quase instantaneamente após classificação das equipes. Porém, as diretorias alvinegra e tricolor garantem que a concordância é ocasional. Contrato de exclusividade permanece fora de cogitação. A logística dos jogos ainda é recheada por discordâncias. E o Castelão se vê sob risco de acabar subutilizado.Quando Ceará e Fortaleza venceram Vitória e Santa Cruz, respectivamente, o secretário Especial da Copa 2014, Ferruccio Feitosa costurou o acerto entre clubes e Arena Castelão. As propostas de valores do quadro móvel (R$ 31.200) e porcentagem de locação da praça (10%) foram admitidas pelos representantes dos times. “Após o final do jogo contra o Santa Cruz, o secretário Ferruccio Feitosa entrou em contato com o Osmar Baquit (presidente do Fortaleza) demonstrando o interesse de ter os jogos da Copa do Nordeste na Arena Castelão. Pensamos que poderíamos colocar um público maior nesta fase da competição e buscamos o acerto”, detalhou Daniel Frota, vice-presidente do Fortaleza. Apesar do sucesso na reunião da última segunda-feira, as partidas no Castelão não significam encaminhamento para o contrato de exclusividade. Pelo contrário: “Os assuntos são totalmente diferentes. Não é exclusividade, estamos falando de um jogo apenas. Ainda são muitos pontos divergentes”. Ao tocar no assunto, Frota ressaltou que até a semifinal contra o Campinense no Castelão, no domingo, às 18h30min, existem pontos ainda não digeridos pelo clube. Problemas que precisam ser resolvidos até a bola rolar. “A renda toda é nossa. O Castelão cobra aluguel de 10%, mais o quadro móvel. Mas há problemas com área vip e camarote. Eles querem parte para comercializar e pedimos, em contrapartida, algum benefício ao clube”, reclamou. O Ceará enfrentará o ASA no Castelão apenas no próximo dia 3 de março, às 18h30min. Até lá, muita coisa estará em pauta no clube. É o que garantem o presidente, Evandro Leitão, e vice, Robinson de Castro. O clube ainda precisa acertar questões logísticas com a Arena, que não foram garantidas. A diretoria alvinegra não quis detalhar os pontos pendentes. Em entrevista ao É Gol da rádio O POVO/CBN na última segunda, Ferruccio Feitosa viu com otimismo novas partidas agendadas no Castelão que, desde 27 de janeiro, não contou com atividade alguma na moderna estrutura. O POVO tentou contato com o secretário ontem, mas ele alegou estar em reunião, sem condições de conceder entrevista.

Fonte: André Victor Rodrigues andrevictor@opovo.com.br

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.