NotíciasPolítica

Cid apressa saída do PSB antes de intervenção nacional

Powered by Rock Convert

Desapontado com os caminhos do PSB, o governador Cid Gomes não quer mais perder tempo para se desligar da sigla. O ambiente socialista que o cerca ficou ainda mais hostil e Cid não esconde o sentimento de que, se demorar, a Executiva Nacional pode intervir no Diretório Estadual do PSB no Ceará, o que acaba de acontecer no Rio de Janeiro.

A intervenção seria um ato extremo e humilhante para o grupo do governador cearense. Cid Gomes, como tem registrado este site, dedica a maior parte do tempo para ouvir, conversar e articular. Conversou com o governador de Pernambuco e pré-candidato a Presidente da República, Eduardo Campos, para os seus aliados que deixarem o PSB não sofrerem perseguição, ações judiciais com pedido de perda de mandatos.

A legislação política cria restrições para o troca-troca de partidos. Quem abandona o partido pelo qual foi eleito, pode sofrer sanções que chegam à cassação do mandato. A lei permite, porém, a mudança para um partido recém criado.

Como ainda não definiu para qual partido irá, Cid Gomes abriu diálogo com os dirigentes nacionais do PSB para os seus aliados que deixarem o partido com Eduardo Campos não enfrentem processos de perda de mandato. Ele define essa situação como “saída em paz”. Cid, ao conversar, nessa terça-feira (24), com o jornalista Ilimar Franco, do Jornal O Globo, afirmou que não gostaria de deixar o PSB.

http://www.cearaagora.com.br

“Não tinha a menor intenção de deixar o PSB. Mas nos últimos dias fui alvo de hostilidades sem qualquer desmentido da direção do partido. Entendo isso como um gesto de hostilidade. Como não há desmentido, subentendo que se trata de um convite para seguir outro rumo”, expôs Cid Gomes ao Jornal O Globo.

About Author

Comment here