Conheça os 12 deputados do Ceará que votarão contra o impeachment da presidente

Impacto
Impacto

1b40b3749b7a4813ec4b-foto

 

 

O governador Camilo Santana e seu chefe, o ex-governador Cid Gomes, levaram hoje à tarde os 12 deputados federais do Ceará que votarão contra o impeachment da presidente Dilma. Cid preferiu não ir ao encontro para tentar deixar o prestígio desse ato com Camilo.

 

Os dois deputados do PP- Macedão e Adail Carneiro – que podem sofrer punição por desobedecerem a direção nacional do partido disseram estar conscientes de seus votos. Ficarão ao lado da presidente Dilma até o fim.

 

Além deles, quem também disse no Planalto que larga a vida pública mas não deixa Dilma foi Gorete Pereira. Já o líder do Governo, José Guimarães, ressaltou a força do Ceará para derrotar o golpe contra Dilma.

 

O presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque, destacou o trabalho realizado por Cid Gomes para conseguir esses 12 votos. O décimo terceiro – Anibal Gomes – está operado e não deve votar. Cid tentou que o deputado adiasse a operação para depois da votação, mas Aníbal realizou o procedimento mesmo assim.

 

Apesar de operado, o deputado não está licenciado da função, assim, o suplente Mauro Benevides, que vota pelo impeachment, fica de fora da Casa, evitando desagradar de todo o ex-governador.

 

O apoio de 12 deputados federais representa a liderança dos FGs no Estado. Todavia, com o impeachment de Dilma no domingo, os irmãos Ciro, Cid e Ivo Gomes sofrerão o maior golpe da oligarquia que domina o Ceará há 10 anos.

 

Informações Ceara News

 

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.