Notícias

Convocação de professores está suspensa no Município

Powered by Rock Convert

Professores lotados nas bibliotecas e laboratórios de informática escolares do Município tiveram convocação temporariamente suspensa. No dia 31, haverá reunião para apresentar projetos executados nestes espaços

A convocação dos professores da Prefeitura de Fortaleza que estão lotados nas Bibliotecas Escolares e nos Laboratórios de Informática Educativa (LIE) para a redistribuição nas salas de aula está temporariamente suspensa, informou o Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Ceará (Sindiute).

 A convocação havia sido feita semana passada por meio da portaria 04/2013, incluindo professores alocados em cargos de vice-diretores, na Secretaria Municipal da Educação (SME), nos distritos de educação e nos demais órgãos. A chamada considerava, segundo a portaria publicada no site da SME, a necessidade de estabelecer um melhor controle administrativo e financeiro sobre o quadro de profissionais, o atual quadro de carência de professores efetivos nas escolas municipais e os consequentes prejuízos aos alunos.

A suspensão temporária da convocação ocorreu após reunião do Sindiute com o titular da SME, Ivo Gomes, na última segunda-feira. Na manhã da próxima quinta, haverá uma apresentação dos projetos do LIE e do Sistema Municipal de Bibliotecas Escolares (Simbe) com o secretário da SME.

Segundo Gardênia Baima, secretária-geral do Sindiute, a apresentação pretende informar ao secretário sobre os projetos desenvolvidos, as produções e resultados obtidos nesses espaços. O objetivo é que os projetos sejam mantidos, assim como os professores que fazem parte deles e passaram por capacitações custeadas pelo Município nos últimos anos.

Projetos nas escolas

Nos primeiros passos dados na Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental (Emeif) Santa Maria, no Henrique Jorge, a obra de William Shakespeare chama a atenção. Ao entrar na biblioteca, são os livros do autor que estão em evidência, um pedido antigo da professora de inglês.

Durante o ano letivo, os alunos já tiveram contato com a obra de Jorge Amado, Machado de Assis, Castro Alves, projetos que incluem dramatizações das obras na escola. Ações organizadas pela professora Neurismar Ferreira, que atua na Biblioteca Escolar, em parceria com os demais docentes e que conseguem envolver a comunidade escolar. “Temos projetos contínuos e pedagógicos com foco na leitura e a interrupção antes do fim do período letivo (que vai até abril) seria muito ruim”, comentou a professora.

Já na Emeif Sobreira de Amorim, o espaço da biblioteca, antes um “depósito de livros” é disputada pelos alunos até no recreio. Segundo Antonimar Sousa, é realizado um planejamento com os demais professores para que os alunos potencializem o conteúdo das aulas na biblioteca.

A professora do Laboratório de Informática Educativa, Liduína Vidal, da Emeif São Raimundo, no bairro Rodolfo Teófilo, explica que faz a ponte entre a sala de aula e seus conteúdos e a tecnologia, que potencializa o aprendizado, uma vez que há uma abordagem pedagógica nos projetos.

Somente após a reunião com o secretário, marcada para a quinta-feira, e o posicionamento da SME, os professores saberão o rumo dos próprios trabalhos no ano letivo de 2013.

O POVO solicitou informações sobre as Bibliotecas Escolares, os LIEs e a convocação dos professores à assessoria da SME, mas não obteve retorno durante todo o dia de ontem.

 ENTENDA A NOTÍCIA

Bibliotecas Escolares e Laboratórios de Informática Educativa têm professores da rede municipal na execução de projetos pedagógicos. Com a convocação dos profissionais para a redistribuição nas escolas, houve dúvida sobre a continuidade dos projetos.

 Serviço

Convocações

Para ver a portaria 04/2013 e detalhes sobre as convocações para os demais professores, acesse: migre.me/d1NuA

fonte: opovo.com.br

About Author

Comment here