GranjaNotícias

Cuidados ajudam a evitar acidentes durante os festejos juninos

Powered by Rock Convert

Ainda não é o dia do santo, mas o clima de São João invadiu os festejos do mês, deixando casas e ruas mais coloridas com balões, bandeirinhas, fogueiras e fogos. “Pra mode” começar o arraial, no entanto, a população deve estar atenta a cuidados básicos no manuseio dos materiais utilizados durante as festas para evitar acidentes.  “Antigamente, a época junina era um período crítico, em que recebíamos muitos feridos por conta de fogos de artifício e fogueiras. De um cinco anos para cá, as campanhas educativas reduziram significativamente esses acidentes. Mas os cuidados devem continuar”, lembra o chefe do Centro de Tratamento de Queimados do Instituto Doutor José Frota (IJF), João Neto. Segundo o médico, neste período, assim como em outras épocas do ano, os principais casos atendidos pela unidade são os de crianças com queimaduras provocadas por líquidos e de adultos vítimas de choque elétrico.    Para o relações públicas do Corpo de Bombeiros, major Valdiano da Luz, o mês ainda é período crítico para a ocorrência de acidentes com materiais dos festejos de São João. Major Valdiano esclarece, contudo, que a utilização desses artefatos é permitida e segura, desde que os cuidados básicos sejam tomados. “Eles só se tornam inseguros a partir do momento que o usuário os manipula de forma inadequada”, alerta. O primeiro passo para garantir o correto uso de rojões, explica o major, é comprá-los em uma loja credenciada pelo Corpo de Bombeiros.

Rede elétrica

Outros incidentes comumente provocados pelos itens característicos das festas juninas são os que envolvem elementos da rede elétrica da cidade. De acordo com Marcelo Palácio, responsável pela operação em tempo real da Companhia Energética do Ceará (Coelce), alguns cuidados devem ser tomados na hora da arrumação dos festejos: “Qualquer barraquinha, palco ou decoração deve ficar a pelo menos 1,5 metro de distância da rede elétrica, para evitar contato direto ou curto-circuito”, aconselha. Utilizar postes ou fios como suporte para bandeirinhas, então, nem pensar. “Alguém pode ser eletrocutado ao subir no poste ou ao pegar no fio das bandeirinhas que, dependendo do material, pode transmitir corrente”, explica.  Em caso de acidentes, alerta Marcelo, é importante que a vítima e a região sejam isoladas. “Jamais toque em fios, mesmo que você ache que eles são de telefonia. Não se aproxime do local e chame a Coelce. Em caso de incêndio, entre em contato com os bombeiros”, reforça.

About Author

Comment here