NotíciasPolítica

Deputado diz que PSB não pode reclamar se PT encabeçar chapa

Powered by Rock Convert

O deputado federal Eudes Xavier (PT), desafeto político de Cid Gomes, presidente estadual do PSB, declarou que o partido do governador não pode reclamar se o PT decidir lançar candidato próprio ao Governo do Estado. O parlamentar lembrou que o governador lançou candidato próprio a Prefeitura de Fortaleza em 2012. “O PSB traiu o PT, que deve, por isso, ficar livre em 2014 para fazer o que quiser”, declarou Xavier.   Para o deputado, o PT não deve nada ao PSB, pois a aliança foi convenientemente rompida nas eleições municipais. “Quando o PSB lançou candidato próprio a chefia da capital, automaticamente rompeu com o PT e esse rompimento para mim continua valendo, até porque já se fala em candidato socialista para o Governo do Estado”, argumentou. O parlamentar fez questão de ressaltar que continua defendendo a candidatura própria do PT ao Governo do Estado.

DIREITOS IGUAIS
Eudes Xavier disse ainda que o PSB deve ter a liberdade de lançar a candidatura própria ao Governo do Estado, mas isso não significa que o PT não tenha o mesmo direito. “Se o PSB novamente lançar candidatura própria ao Governo do Estado, o PT está preparado para enfrentar, a qualquer momento, a conjuntura de 2014”, avisou.   O parlamentar não confirmou o nome que vai representar o PT na sucessão do governador Cid Gomes, mas garante que o partido tem alguns filiados com capacidade de “fazer bonito” nas urnas de outubro do ano que vem. Dentre esses, ele apontou os de Luizianne Lins e de José Pimentel, que no momento é senador da República.

EM TEMPO
Enquanto se desenrola os projetos da corrente petista que defende candidatura própria, o deputado José Guimarães, líder do PT na Câmara, trabalha para manter a aliança PT, PSB e PMDB. O objetivo é fortalecer os palanques estaduais para a reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014. “Cada Estado tem a sua realidade e no Ceará vamos lutar com todas as forças para que o palanque em favor da reeleição da presidente Dilma seja montado com o maior número possível de aliados”, promete.  Guimarães já declarou que a chapa majoritária a ser indicada pelo governador Cid Gomes, na disputa da sua própria sucessão, vai sair no próximo ano, possivelmente em março ou abril. Ele admitiu que tem conversado o assunto com Cid Gomes e com Eunício Oliveira e que a ideia central é manter, no Ceará, o mesmo palanque que elegeu Dilma Rousseff presidente da República.

About Author

Comment here