CidadesEconomiaNotíciasPolicia

Falso advogado que aplicava golpes no Interior do Ceará é preso no Maranhão

Powered by Rock Convert

Vítimas de uma mesma família de Moraújo tiveram prejuízo de cerca de R$ 200 mil

A Polícia Civil do Ceará (PC-CE) prendeu, nesta terça-feira (27), um homem suspeito de aplicar golpes contra oito pessoas de uma mesma família na Região de Coreaú, no Ceará. Ele se passava por advogado e prometia resolver pendências judiciais. As vítimas tiveram prejuízo de cerca de R$ 200 mil

Tiago do Nascimento de Sá, de 36 anos, foi localizado e preso na cidade de Paço do Lumiar, Região Metropolitana de São Luís, no Maranhão. Ele é paulista e possui antecedentes criminais em São Paulo também pelo crime de estelionato.

Os detalhes da ação foram divulgados em coletiva de imprensa, na tarde desta terça-feira, na sede da Delegacia Regional de Sobral. As investigações tiveram início em fevereiro deste ano. 

Com o suspeito, a Polícia apreendeu dois veículos, entre eles o carro que o falso advogado utilizava nos golpes no Ceará, além de documentos e um aparelho celular. 

FALSOS BENEFÍCIOS 

Conforme a PC-CE, Tiago se aproximava das vítimas com a promessa de solucionar processos judiciais que tramitam há anos, além de anunciar supostos direitos a alguns benefícios, como aposentadorias, acesso ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural).

As vítimas identificadas até o momento são moradoras de Boa Esperança e Cauã, localidades da zona rural da cidade de Moraújo. 

Ainda conforme as investigações, o suspeito se aproximou das vítimas por indicação de uma terceira pessoa, ganhou a confiança delas e passou a solicitar os honorários por seu trabalho. 

Sem o retorno das ações judiciais, as vítimas desconfiaram e procuraram a polícia. Após início das investigações, foi descoberto que o suspeito não era advogado e sim um estelionatário com passagens na Polícia nos estados de São Paulo e Bahia. 

A Polícia Civil do Ceará mantêm as investigações para identificar se há mais pessoas que possam ter sido vítimas do estelionatário. 

Os veículos foram apreendidos pela ação. (Foto: divulgação/SSPDS)

DN

About Author

Comment here