Fim do TCM é questão de honra. Camilo e Cid comemoram vitória

Impacto
Impacto

ciid-camilo-534x462

 

 

A extinção do TCM se transformou em ponto de honra para o ex-governador Cid Gomes que se sentiu, em 2016, na disputa pela Presidência da Assembleia, traído pelo atual conselheiro Domingos Filho. O resultado da votação, após muita polêmica, é comemorado com grande vitória pelo ex-governador Cid e pelo governador Camilo Santana.

 

A novela encerrada nesta quinta-feira na área do Legislativo começou em meados do segundo semestre de 2016. Domingos rompeu com Cid e Camilo e se aliou ao presidente do Senado, Eunício Oliveira para tentar vencer a disputa pela Presidência da Assembleia com a candidatura do dissidente Sérgio Aguiar. Sérgio perdeu a eleição para o atual presidente José Albuquerque.

 

Do conflito político, nasceu o projeto de extinção do TCM. Foi a segunda vez que a Assembleia Legislativa aprovou uma PEC sepultando o TCM. A primeira, no mês de dezembro de 2016, não surtiu efeitos porque Domingos Filho a derrubou por meio de uma liminar concedida pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lúcia.

 

Com a decisão judicial, o TCM sobreviveu e o conselheiro Domingos Filho ganhou fôlego. A guerra pela extinção do Tribunal foi reaberta no primeiro semestre deste ano com uma nova emenda constitucional, também, apresentada pelo deputado Heitor Férrer (PSB) e acolhida pelos aliados de Cid e Camilo.

 

O presidente do TCM, Domingos Filho, manifestou a amigos e correligionários que não irá entregar os pontos e recorrerá a instâncias superiores da Justiça para tentar derrubar a emenda constitucional.

 

Votos favoráveis

 

Tin Gomes (PHS)

 

Manoel Duca (PDT)

 

Audic Mota (PMDB)

 

João Jaime (DEM)

 

Julinho (PDT)

 

Augusta Brito (PCdoB)

 

Robério Monteiro (PDT)

 

Ferreira Aragão (PDT)

 

Bruno Pedrosa (PP)

 

Agenor Neto (PMDB)

 

Antônio Granja (PDT)

 

Bethrose (PMB)

 

Bruno Gonçalves (PEN)

 

David Durand (PRB)

 

Dr. Santana (PT)

 

Carlos Felipe (PCdoB)

 

Dra. Silvana (PMDB)

 

Elmano Freitas (PT)

 

Evandro Leitão (PDT)

 

Gony Arruda (PSD)

 

Heitor Férrer (PSB)

 

Jeová Mota (PDT)

 

Joaquim Noronha (PRP)

 

Leonardo Pinheiro (PP)

 

Lucílvio Girão 9PP)

 

Mário Hélio (PDT)

 

Mirian Sobreira (PDT)

 

Moisés Braz (PT)

 

Osmar Baquit (PSD)

 

Rachel Marques (PT)

 

Tomaz Holanda (PPS)

 

Walter Cavalcante (PP)

 

Votos contrários

 

Danniel Oliveira (PMDB)

 

Ely Aguiar (PSDC)

 

Roberto Mesquita (PSD)

 

Sérgio Aguiar (PDT)

 

Odilon Aguiar (PMB)

 

Fernanda Pessoa (PR)

 

Renato Roseno (PSOL)

 

Aderlânia Noronha (SD)

 

Ausentes

 

Capitão Wagner (PR)

 

Dr. Sarto (PDT)

 

Fernando Hugo (PP)

 

Leonardo Araújo (PMDB)

 

Carlos Matos (PSDB)

 

Não votou

 

Zezinho Albuquerque (PDT), por ser o presidente da Casa

 

Com Ceara News

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.