GranjaNotíciasPoliciaPolítica

Granja – Vereadora pode sofrer novo processo por quebra de decoro parlamentar

Powered by Rock Convert

 

 

A vereadora Paloma Aguiar poderá sofrer outro processo legislativo por quebra de decoro parlamentar. Desta vez, os indícios é de que a mesma tenha conseguido um atestado médico falso para justificar sua falta na  Sessão da Câmara  realizada na última -quarta-feira (15)..

 

O atestado, de 5 dias,  é da lavra  do médico Evandro Ponce De Leon, que trabalha no município de Jijoca, e foi expedido no dia 14 de janeiro, sendo que no dia seguinte, na data e dentro do mesmo horário da Sessão Ordinária do Legislativo Municipal de Granja, a vereadora encontrava-se dando entrevista à Rádio Assunção, falando de seu processo, fazendo criticas ao Governo Municipal , num entrevista de mais de uma hora de duração, apresentando indiscutíveis sinais de boa saúde.

 

Alfinetada

 

Como é que a vereadora se sente impossibilitada de participar da sessão legislativa, mas aparace numa entrevista demorada de emissora de rádio no mesmo dia e dentro do horário da sessão? E o médico que forneceu esse atestado, teria se sujeitado a esse tipo de expediente, colocando em risco sua profissão?

 

É também de se estranhar um atestado de 5 dias, demostrando ser uma doença grave, quando a paciente em menos de 24 horas demostra estar gozando de bom vigor físico sem nunca ter sentido uma dor na unha.

 

O atestado também  não apresenta o Código Internacional de Doenças – CID. Ou seja: não diz qual a doença da vereadora, algo que por si só levanta graves suspeitas de uma atestado falso.

 

Agora, cá pra nós e pro resto do mundo, essa atitude da vereadora Paloma, caso seja comprovada  o expediente ilegal e imoral, fere gravemente o decoro parlamentar. E vale lembrar ainda que já existem contra a vereadora Paloma um laudo pericial atestando assinaturas falsas em documentos legislativos supostamente de sua autoria. Ela é acusada de falsidade ideológica num processo legislativo que pede a cassação de seu mandato, que será julgado na próxima quarta-feira, dia 22.

 

Atestado

 

 

Carlos Jardel

About Author

Comment here