GranjaNotíciasPolítica

HÉLIO FONTENELE: O PERSEGUIDOR

Powered by Rock Convert

EM POUCOS DIAS QUE RETORNOU À PREFEITURA DE GRANJA, APÓS SER AFASTADO PELA JUSTIÇA POR TER DESVIADO MILHÕES DE REAIS DOS COFRES PÚBLICOS DA PREFEITURA E EM PLENA CAMPANHA ELEITORAL, HÉLIO FONTENELE DETERMINOU A RESCISÃO DE CONTRATOS DE QUASE 50 (CINQUENTA) VEÍCULOS DO TRANSPORTE ESCOLAR, SÓ PORQUE “ACHA” QUE OS MESMOS NÃO VOTARÃO NOS CANDIDATOS DA SUA COLIGAÇÃO PARTIDÁRIA, INCLUSIVE NELE PRÓPRIO, QUE É CANDIDATO A REELEIÇÃO AO CARGO DE PREFEITO.

HÉLIO AINDA VEM PERSEGUINDO VÁRIOS SERVIDORES PÚBLICOS, COMO A PROFESSORA MARIA BARTOLOMEU PEREIRA DE BRITO, QUE FOI TRANSFERIDA DA ESCOLA SENADOR OLAVO OLIVEIRA, EM SANTA TEREZINHA, PARA A ESCOLA SANTA MARTA, NA LOCALIDADE DE TANQUES, A 12 KM DE DISTÂNCIA DE SUA RESIDÊNCIA.

JÁ ANTONIA MICHELE MAGALHÃES ALVES E ANTONIA MAGALHÃES ALVES, AMBAS PROFESSORA DA ESCOLA SÃO JUDAS TADEU, SITUADA NO ASSENTAMENTO ATRÁS DOS MORROS, FOI TRANSFERIDA PARA A ESCOLA OLAVO OLIVEIRA, A UMA DISTÂNCIA DE 20 KM DE SUA RESIDÊNCIA. ALÉM DISSO, ANTONIA AINDA TEVE SUA CARGA HORÁRIA, QUE ERA DE 200 HORAS SEMANAIS, SUPRIMIDA PARA APENAS 100 HORAS/AULA. OUTRO CASO ACONTECEU COM A PROFESSORA LUCIENE PEREIRA DOS SANTOS, QUE ERA LOTADA NA MESMA ESCOLA. ELA FOI TRANSFERIDA PARA UM ANEXO NA LOCALIDADE DESALGADO DOS ARRUDAS, A MAIS DE 20 KM DE SUA RESIDÊNCIA.

DENIZE MARIA ALMEIDA PEREIRA, FILHA DO EX-VEREADOR ANTONIO AIRTON PEREIRA (TOTÓ) QUE É PROFESSORA DO CERU-CENTRO DE EDUCAÇÃO RURAL, EM PARAZINHO, TEVE SUA CARGA HORÁRIA TAMBÉM SUPRIMIDA DE 200, PARA APENAS 100 HORAS/AULA. O MESMO CASO ACONTECEU COM A PROFESSORA ROSÂNGELA SALDANHA SOUSA, LOTADA NA ESCOLA LÍVIO BARRETO, EM IBUAÇÚ. ELA, ALÉM DE TER SUA CARGA HORÁRIA TAMBÉM SUPRIMIDA, RECEBEU NOVA DETERMINAÇÃO PARA LECIONAR AS DISCIPLINAS DE GEOGRAFIA E INGLÊS, NO QUE CONTESTA A PROFESSORA, JÁ QUE SUA FORMAÇÃO ACADÊMICA É PARA LECIONAR AS DICIPLINAS PORTUGUÊS E INGLÊS, COMO VINHA ACONTENDO AO LONGO DE SUA CARREIRA PROFISSIONAL.

COMO SE TANTA PERSEGUIÇÃO POLÍTICA NÃO BASTASSE, TEMOS AINDA O CASO DA PROFESSORA MARIA DO ROSÁRIO DE SOUSA QUE FOI EXONERADA DO CARGO DE DIRETORA DA ESCOLA OLAVO OLIVEIRA, EM SANTA TEREZINHA E TEVE AINDA SUA CARGA HORÁRIA SUPRIMIDA, COMO AS DEMAIS AQUI MENCIONADAS.

EM VISÍVEL DESOBDIÊNCIA À LEI Nº 9.504/97, ART. 73, I A VII, QUE PROÍBE NOMEAR, A CONTRATAR, A ADMITIR, DEMITIR E SUPRIMIR SERVIDOR PÚBLICO, NO PERÍODO DO PLEITO ELEITORAL, O PREFEITO HÉLIO FONTENELE AO PRATICAR ATOS ABUSIVOS E ALTORÁRIOS COMO ESTES, VEM MOSTRANDO A SUA VERDADEIRA FACE, OU SEJA, HÉLIO NÃO É NADA DAQUELE HOMEM BONZINH0 E PACIFICADOR, MAS SIM UM POLÍTICO ALTORITÁRIO E PERSEGUIDOR, SEMELHANTE AO QUE FOI ESMERINO ARRUDA AO LONGO DE SUA ATIVIDADE POLÍTICA EM GRANJA.

EM TEMPOS MODERNOS, SÃO INACEITÁVEIS PRÁTICAS POLÍTICAS COMO ESTAS, POIS VIVEMOS TEMPOS DE LIBERDADE DEMOCRÁTICA O QUE DÁ AO POVO O LIVRE DIREITO DE OPÇÃO POLÍTICA, SEM MERECER PERSEGUIÇÃO.

MAS FATOS ASSIM LÓGICAMENTE ESTÃO TENDO AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS JURÍDICAS TOMADAS. NO ÚLTIMO DIA 07, TODOS OS FUNCIONÁRIOS AMEAÇADOS E PERSEGUIDOS INGRESSARAM COM REPRESENTAÇÃO JUNTO AO MINISTÉRO PÚBLICO ESTADUAL ALEGANDO CONDUTA VERDADA E ABUSO DE PODER ECONÔMICO E POLÍTICO (PERSEGUIÇÃO), CONTRA O PREFEITO HÉLIO FONTENELE E O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NORBERTO AGUIAR BRAGA, PELOS ATOS ILEGAIS HORA COMETIDOS.

About Author

Comment here