NotíciasPolítica

Juiz contraria decisão do TJCE e devolve comando do PP a ex-deputado Zé Linhares

Powered by Rock Convert

cd13d88aba858d3239e3-foto

cd13d88aba858d3239e3-foto

 

 

O juiz Washington Oliveira Dias, responsável, até ontem (24), pela 11ª Vara Cível, expediu liminar anulando a decisão da desembargadora Vera Lúcia, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), e devolveu o comando do PP Ceará ao ex-deputado Zé Linhares.

 

Na última semana, a desembargadora Vera Lúcia entendeu como legítima a intervenção do presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, que retirou Zé Linhares do comando da sigla no Estado e colocou, em seu lugar, o deputado federal Adail Carneiro.

 

No entanto, poucos dias depois, em pleno domingo e no último dia antes de sair de férias, o juiz Washington Oliveira Dias expediu liminar declarando “nula” a decisão da desembargadora e devolvendo o comando do partido a Zé Linhares, aliado do ex-governador Cid Gomes (PDT).

 

A batalha pelo comando do PP é decisiva para as Eleições 2016. Zé Linhares, alinhado aos interesses de Cid Gomes, tenta manter o partido na base dos Ferreira Gomes, apoiando os candidatos indicados pelo grupo, incluindo o atual prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT).

 

Já Adail Carneiro foi alçado ao comando do PP para encerrar qualquer aliança do partido com o grupo do ex-governador, guiando a sigla ao grupo do senador Eunício Oliveira. Ao reassumir o comando, na semana passada, Adail foi rápido em anunciar intervenções em todos os municípios cearenses.

 

Sob a gestão de Adail, o PP não fará nenhuma aliança com os Ferreira Gomes, em nenhum município, incluindo Sobral e Fortaleza. Na capital, Adail apoio o pré-candidato do PR, o deputado estadual Capitão Wagner; em Sobral, o candidato do PP seria o deputado federal Moses Rodrigues (PMDB), que disputa a Prefeitura contra o indicado dos Ferreira Gomes.

 

Perder o apoio do PP seria um grave derrota para o grupo político do ex-governador.

 

Processo

 

Com as férias do juiz Washington, a responsável pela 11ª passou a ser, a partir desta segunda-feira (25), a juíza Maria Valdenisa. Ao portal Ceará News 7, a equipe da juíza defendeu não ter informações sobre a decisão de Washington por ter assumido a responsabilidade sobre a 11ª após a liminar ter sido expedida.

 

A assessoria do TJCE afirma ainda não ter acesso à liminar assinada por Washington e, por isso, não pode se posicionar sobre a decisão. Quando o documento for liberado pela atual responsável pela 11ª Vara, a juíza Maria Valdenisa, a desembargadora Vera Lúcia analisará a decisão.

 

Informações Ceara News

 

About Author

Comment here