NotíciasPoliciaPolítica

“Lula será candidato, esteja condenado ou não, preso ou não”, diz presidente estadual do PT

Powered by Rock Convert

 

 

Independentemente do parecer dos três desembargadores da 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Lula (PT) será candidato a presidência do Brasil em outubro deste ano, disse Francisco de Assis, presidente do PT no Ceará. Em entrevista ao O POVO Online, ele disse que, os juízes condenando ou não, a chapa petista será liderada pelo colega de partido.

 

“Estamos convictos de que ele (Lula) será candidato. E será, esteja condenado ou não, preso ou não”, disse Assis. No próximo dia 24 de janeiro haverá o julgamento do caso do triplex do Guarujá, em São Paulo. Os magistrados irão decidir a validade do recurso apresentado pelo petista contra a condenação em primeira instância a nove anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

 

Ainda que seja condenado por Victor Laus, João Pedro Gebran Neto e Leandro Pausen, a prisão do ex-presidente pode não ser pedida pelo trio de desembargadores. Se for, ele só poderá ser encarcerado quando todos os recursos forem julgados.

 

Lula também poderá ser candidato mesmo com parecer o responsabilizando pelos crimes. Para ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa e impedido de sair candidato, ele precisaria ser condenado em todas as instâncias pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto o processo tramita, ele pode promover a própria chapa livremente.

 

Apoio

 

Em Fortaleza, representantes de movimentos sociais devem decidir nesta quinta-feira, 4, o cronograma de mobilizações para o dia do julgamento. Pela Cidade, cartazes foram colados em muros com mensagens de apoio ao ex-chefe do Executivo nacional.

 

O Povo

About Author

Comment here