NotíciasPolítica

Lula teme fim da aliança PT/PSB caso Eduardo Campos resolva sair candidato

Powered by Rock Convert

lulmedalhaLula recebeu titulo de Doutor Honoris Causa da Unilab.

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) negou nesta sexta-feira, 1º, ao abrir a reunião do diretório nacional do partido em Fortaleza, que esteja tentando impedir a possível candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), à Presidência da República em 2014. Mas o petista afirmou que a entrada do aliado na disputa eleitoral poderia colocar em risco a parceria “histórica” entre as duas siglas.

“Defendo a liberdade incondicional de cada partido de fazer o que bem entenda. Se não fosse assim, o PT não teria chegado à Presidência da República. Portanto, eu jamais tomaria qualquer atitude para impedir que um companheiro fosse candidato a presidente”, disse Lula, em Fortaleza, em reunião do diretório nacional do PT. “O que temos que ver é se, estrategicamente, é importante a gente colocar em risco uma coisa que tem dado tão certo nesse País, que é a aliança histórica entre PT e PSB.”

Lula elogiou Campos, e disse que é muito amigo do governador de Pernambuco, do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), e de seu irmão, Ciro Gomes (PSB). “Ele (Eduardo) é uma personalidade que pode desejar qualquer coisa que ele quiser nesse País”, afirmou. “O meu papel é fazer todo o esforço para que a gente esteja junto. Temos que construir uma aliança muito forte.”

Alerta a Lula

Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, afirmou nesta sexta que não se sente pressionado a definir a eventual candidatura. “O relógio do PSB trabalha no fuso horário do PSB”, garantiu. “Não vamos trabalhar com o relógio dos outros, com o tempo dos outros e nem fazer o jogo dos outros. Vamos fazer o jogo do Brasil e o jogo do PSB”.

Indagado se o ex-presidente Lula errou ao lançar a candidatura da presidente Dilma à reeleição, antecipando o debate sucessório, disse respeitar quem pensa diferente, mas alertou para o perigo dessa discussão antes do tempo. “Nunca vi quem está no governo, sobretudo quem está no governo com situação de dificuldade, antecipar o calendário eleitoral”, afirmou. “Nunca vi isto dar certo”.

(Com POVO Online e Agência Estado)

Vaias em Cid

Nesta sexta-feira, durante solenidade de entrega de título de Doutor Honris Causa, em Redenção, o governador Cid Gomes chegou a ser vaiado. Na ocasião, ele anunciou que vai construir hospital regional no Maciço de Baturité voltado para atender o curso de Medicina a ser criado pela Unilab. Detalhe que chamou a atenção é que as vaias partiram de um grupo que estava próximo ao deputado federal Eudes Xavier (PT), que quer o rompimento da aliança PT/PSB.

fonte:http://blog.opovo.com.br

About Author

Comment here