Mais um Ex-Secretário de Ademar Veras tem contas desaprovadas com nota de Improbidade e Multa

admin
admin

A frente da Secretaria de Obras e Serviços Públicos do município de Barroquinha somente por 4 meses, no período de Agosto a Dezembro de 2009, o Ex-Secretário Amanajás de Araújo Pereira, teve suas Contas desaprovadas pela Segunda Câmara de Julgamentos do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). No Acordão de número 4.421/2013, as contas foram julgadas irregulares com Nota de Improbidade Administrativa e multa de R$ 13.833,30, (Treze mil, oitocentos e trinta e três reais e trinta centavos). Mais um da Administração do ex-prefeito Ademar Pinto Veras a não prestar contas dos recursos que movimentou no ano de 2009, vindo a fazer somente quase 4 anos depois, isto após ser provocado pelo Tribunal de Contas dos Municípios através de uma Tomada de Contas de Gestão, o ex-secretário Amanajás de Araújo Pereira no entendimento da Inspetoria cometeu diversas irregularidades. Além da omissão e ausência de licitação, ficou constatado que despesas efetuadas com as Empresas EPB Projetos, Const. e Serviços LTDA, Nacional Const. e Serviços LTDA e URBAN LIMP Construção LTDA, foram realizadas em datas posteriores à validade Contratual, estando sem amparo legal. Vale resaltar que o ex-secretário Amanajás só ficou na verdade no período de 2 meses, mas foi responsável perante o TCM pelo período que o município teve respondendo pela Secretária de Obras o senhor Juracy Pinto Veras, tio do ex-prefeito, que pelo visto não quis assinar nada para não se complicar. Nesse caso, no ano de 2009, a Secretaria de Obras teve 3 gestores em 12 meses, onde todos tiveram as Contas desaprovadas. O responsável pelas contas será notificado para apresentar recurso de reconsideração e julgado pelo pleno do Tribunal de Contas dos Municípios. Acesse o link da Ata da Sessão de Julgamentos do dia 14/08/13. Veja mais, AQUI.

fonte: Blog Barroquinha Agora

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.