Mercadante quer aumentar rigor na prova de Redação do Enem

admin
admin

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou ontem que vai discutir com especialistas uma proposta para aumentar o rigor dos critérios de correção das redações do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A ideia é que as redações que ganharem a nota máxima (1.000) na análise feitas pelos dois primeiros corretores sejam encaminhadas, obrigatoriamente, para avaliação de uma banca, que validaria ou não a nota máxima. Hoje, isso é definido já pelos dois primeiros corretores.  Segundo Mercadante, 2.080 redações ficaram com a pontuação máxima no último Enem, mesmo com erros de acentuação, pontuação e concordância em alguns casos. “Há um debate. Os linguistas consideram que um erro isolado pode não comprometer a qualidade da redação”, disse o ministro.  O ministro Aloizio Mercadante compara a situação a” um jogo de futebol. Nem sempre o juiz interpreta as regras como deveria.” (das agências)

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.