Notícias

Micro e pequenas empresas geraram 57% dos postos de trabalho no CE

Powered by Rock Convert

Setor de Construção Civil e Serviços impulsionam a geração de empregos das Micro e Pequenas Empresas (MPEs) no Ceará em fevereiro  As Micro e Pequenas Empresas (MPEs) cearenses apresentaram um saldo positivo de 1.767 empregos formais em fevereiro. Foram responsáveis por 57,7% do total do saldo de 3.060 gerados no Estado. Os dados são do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados ontem pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae-CE).   Os setores de Serviço e Construção Civil lideraram as oportunidades nas MPEs, com 1.090 e 1.228 de saldo, respectivamente. Comércio (-281) e Indústria da Transformação (-383) apresentaram as duas únicas baixas entre os micro e pequenos.   As Médias e Grandes Empresas (MGEs), com saldo de 681 vagas e a Administração Pública (316), fecharam a composição do espectro do trabalho com carteira assinada no Ceará.  Apesar do melhor resultado da construção civil, o setor deve ter um 2013 de acomodação do mercado e manter resultado no mesmo patamar de 2012. Pelo menos, essa é a análise do presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Ceará (Sinduscon-CE), Roberto Sérgio Ferreira. “Em qualquer atividade, as MPEs são importantes. A expectativa em termos globais é que a gente vá ter esse ano um equilíbrio na contratação de pessoal. A gente deve se manter em 60 mil ou 65 mil de empregos gerados na RMF (Região Metropolitana de Fortaleza). Teremos equilíbrio e acomodação da atividade”, projeta Roberto Sérgio.   O presidente do Siduscon-CE analisa ainda que o resultado positivo em fevereiro tem a ver com as obras de mobilidade urbana de Fortaleza. “As grandes obras, que são feitar por grandes empresas, como o Castelão, já foram encerradas”.

http://www.opovo.com.br/

About Author

Comment here