MUNICÍPIO DE GRANJA RECEBE MAIS 04 MÉDICAS CUBANAS ATRAVÉS DO GOVERNO FEDERAL

admin
admin

http://3.bp.blogspot.com/-MDxIRa0gchQ/UqXhHtxLA9I/AAAAAAAAxgA/6FNLox37lMk/s1600/101_0021.JPGO atendimento na atenção básica do município de Granja, na região Norte do Ceará, ganhou o reforço de mais 04 médicas de Cuba nessa segunda-feira, 9. As profissionais, que fazem parte do programa “Mais Médicos”, do Governo Federal, foram recepcionadas na manhã dessa última segunda-feira (09) pelo pelo secretário de Saúde de Granja, Antonio Gouveia Filho e pelo coordenador municipal do Programa de Saúde da Família, Francisco Edson Magalhães. Com a chegada delas a atenção básica do município passará a contar com dez profissionais cubanos, já que atualmente seis deles já atendem a população granjense.
Maricela Alvarez Polanco, Maricel Góngova Rodriguez, Valeria Mastrilsa Plaños e Marie Leiva Castro concluíram na última  sexta-feira (06) o módulo de acolhimento e avaliação, iniciado há três semanas na segunda etapa do programa Mais Médicos e foram encaminhadas para o município de Granja, onde conhecerão melhor a realidade da saúde local enquanto aguardam o registro profissional concedido pelo Ministério da Saúde para puderem atender  em unidades de PSF.

Nesta segunda (09) deu início a inscrições da terceira etapa do programa Mais Médicos, para profissionais formados no Brasil e até o dia 13 para estrangeiros. Até esta última data os municípios devem informar a necessidade por profissionais. De acordo com coordenador municipal do Programa de Saúde da Família, Francisco Edson Magalhães, Granja espera a contemplação de mais dois profissionais nesta etapa. Lançado em 8 de julho pelo Governo Federal, o Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do SUS, com objetivo de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e UBS e ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país. Os profissionais do programa recebem bolsa de R$ 10 mil por mês e ajuda de custo pagos pelo Ministério da Saúde. Os municípios ficam responsáveis por garantir alimentação e moradia aos selecionados. Como definido desde o lançamento,os brasileiros têm prioridade no preenchimento dos postos apontados e as vagas remanescentes são oferecidas aos estrangeiros.

com informações do blog Folha Granjense -(Foto: Franco Oliveira) 
Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.