Notícias

Papa Francisco defende o meio ambiente e a vida

Powered by Rock Convert
Papa Francisco saúda os peregrinos que foram assistir a missa inaugural na Praça de São Pedro

O novo papa Francisco pediu ontem, na missa da inauguração de seu pontificado na praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano, a defesa do meio ambiente. Também solicitou aos vários governantes que acompanhavam a cerimônia que não deixem que ”os sinais de destruição e morte” guiem o mundo.  O chefe da Igreja Católica, que se definiu como um ”humilde” servo, começa o papado com um forte pedido de defesa “da criação, a beleza”, “o respeito às criaturas de Deus e ao entorno em que vivemos”, inspirado no italiano São Francisco de Assis, o santo dos pobres e defensor da natureza e da paz.   O santo padre argentino, que recordou seu “venerado predecessor”, o papa emérito Bento XVI, mencionou também João Paulo II e pediu aos membros da Igreja que se inspirem em São José, “um homem forte, corajoso e trabalhador” mas “de grande ternura”.  “Nunca esqueçamos que o verdadeiro poder é o serviço e que também o papa, para exercer o poder, deve entrar cada vez mais neste serviço que tem seu cume luminoso na cruz, deve colocar seus olhos no serviço humilde, concreto, rico de fé, de São José e, como ele, abrir os braços para proteger todo o povo de Deus e acolher com afeto e ternura toda a humanidade, especialmente os mais pobres, frágeis, os pequenos”, completou. Diante de vários chefes de Estado e de governo mundiais, incluindo a brasileira Dilma Rousseff e a conterrânea argentina Cristina Kirchner, Francisco explicou como entende o comando da Igreja, uma instituição com 1,2 bilhão de fiéis e que passa por uma grave crise de credibilidade após uma série de escândalos.  O sumo pontífice escolheu o seu anel do Pescador em prata folheada de dourado. O anel de Bento XVI e de vários outros pontífices eram fabricados principalmente em ouro. Desde a primeira aparição pública, quando surgiu no balcão da basílica de São Pedro, o novo pontífice mostrou um estilo mais sóbrio. A vestimenta predominantemente branca destoa do vermelho vibrante e dourado usados por Bento XVI quando saiu para saudar pela primeira vez os fiéis, seguindo a tradição de muitos papas antes dele. Finalmente, outra diferença foi que os sapatos vermelhos utilizados por Bento XVI deixaram de ser usados pelo novo papa. (da Folhapress)

About Author

Comment here