NotíciasPolítica

Parentes de políticos em cargos na gestão Roberto Cláudio

Powered by Rock Convert

Muitos candidatos derrotados nas últimas eleições e parentes de políticos foram indicados para o segundo escalão do prefeito Roberto Cláudio. Eles comandarão secretarias executivas, fundações, autarquias e empresas da Prefeitura

Parentes de políticos e candidatos derrotados na última eleição ganharam cargos no segundo escalão do prefeito Roberto Cláudio (PSB). O Diário Oficial do Município traz, nos dias 9 e 10 de janeiro – dois dos três últimos disponibilizados -, as nomeações de 18 ocupantes de cargos como secretários executivos de pastas e presidentes de fundações, autarquias e empresas do Município.

Entre eles, figura Paulo Gomes (PMDB), sobrinho do deputado estadual Tin Gomes (PHS), para a secretaria executiva da Regional I. Vereador na legislatura passada, o peemedebista buscou a reeleição em 2012, sem êxito.

Quem também ocupará secretaria executiva em uma das Regionais será Ésio Feitosa, ex-assessor parlamentar da vereadora Toinha Rocha (Psol), primo do vice-prefeito de Eusébio, Paulo César Feitosa (PSB) e parente do secretário especial da Copa do Ceará, Ferruccio Feitosa (PSB).

Além desses, presidirão órgãos da Prefeitura Homero Cals Silva (Agência de Regulação, Fiscalização e Controle), filho do ex-deputado e conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Artur Silva Filho, e Giordanny Conrado (Fundação de Cultura, Esporte e Turismo), genro do deputado Ely Aguiar (PSDC).

O filho do deputado Fernando Hugo (PSDB), Renan Colares, aceitou convite para ser o secretário executivo de Planejamento e Orçamento. Sua nomeação, entretanto, ainda não foi publicada. Ele também tentou se eleger vereador em 2012, sem sucesso.

Derrotados

A relação de candidatos derrotados nas últimas eleições – seja municipal, em 2012, ou estadual, em 2010 – no segundo escalão de Roberto Cláudio inclui ainda o ex-suplente de vereador Jaime Cavalcante (PP), que disputou por vaga na Câmara Municipal no ano passado. Ele será secretário executivo da Secretaria de Finanças.

Outro que tentou a eleição a vereador em 2012 sem êxito e encontrou trabalho na gestão Roberto Cláudio foi Paulo Mindello (PSB). O ex-vereador e ex-titular da Regional VI no primeiro mandato de Luizianne será secretário executivo da Regional IV.

Destaca-se também o candidato derrotado pelo PPL à Prefeitura de Fortaleza, André Ramos. Ex-comissionado na gestão Luizianne Lins (PT), ele comandará o Instituto Municipal de Pesquisa, Administração e Recursos Humanos de Fortaleza (Imparh).

Ainda do PPL, foi indicado o presidente municipal da legenda, Arquimedes Pinheiro. Candidato a deputado estadual derrotado em 2010, então pelo PT, ele presidirá a Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci). Outra conhecida no meio político a figurar no segundo escalão é Olinda Marques. Próxima ao PCdoB e ex-titular da Regional III, ela será executiva da Habitafor.

Em conversa com O POVO no último dia 18, Roberto Cláudio comentou as indicações: “Quero gente qualificada e competente. Se por ventura essas pessoas têm alguma filiação partidária, faz parte da política. Não vou negar política na gestão”, disse.

Por quê

ENTENDA A NOTÍCIA

No segundo turno da eleição municipal em Fortaleza, Roberto Cláudio contou com o apoio de 19 partidos. Nas indicações para cargos na gestão, essas legendas costumam “cobrar a fatura” do apoio político.

http://www.opovo.com.br

 

About Author

Comment here