NotíciasPolítica

Petista destaca números da Petrobras

Powered by Rock Convert

O deputado petista Dedé Teixeira (foto), destacou, ontem, na Assembleia Legislativa, que, ao contrário do que a oposição anuncia, a Petrobras, nos últimos 10 anos, cresceu mais do que em governos anteriores ao do PT. O parlamentar ressaltou que, no último trimestre de 2013, o lucro líquido foi de R$ 7,69 bilhões.

Classificando-a como “grande patrimônio nacional”, Dedé Teixeira afirmou que a Estatal supera todos os dias os desafios para ampliar a capacidade de refino e a produção, orgulhando os brasileiros. “Para se ter uma ideia, o lucro líquido, sem descontar os impostos, gerou um montante de R$ 9,84 bilhões, um aumento de 72%, em relação ao trimestre anterior, referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2012”, ressaltou.

O parlamentar destacou que, durante o governo do PT, a Petrobras melhorou e ampliou em 73% a produção de petróleo no País, ao passo que a produção mundial aumentou apenas 12%. No que se refere ao gás natural, destacou que a produção brasileira apresentou um incremento de mais de 60%, enquanto a produção internacional atingiu a casa dos 33%. Já as reservas de gás e petróleo no Brasil cresceram 73%, enquanto as mundiais, 38%.

“São dados que deixa claro para a sociedade a pujança e importância da Petrobras com relação aos desafios colocados para o nosso Brasil. Na verdade, é exatamente nas gestões dos últimos dez anos, que a Estatal adquiriu musculatura, transformando-se uma gigante na produção de petróleo do mundo”, pontuou.

Investimento
Teixeira destacou ainda que em 2002, a Petrobras valia US$ 15,5 bilhões, e em 2012 estava aferida em US$ 126 bilhões.  “Estou relatando esses números haja vista que muitos parlamentares tentaram confundir a opinião pública dizendo que a empresa estava quebrada”, ratificou, enfatizando que, “no início de 2002, a Petrobrás investiu R$ 18,9 bilhões e no ano passado, mais de R$ 84 bilhões, atingindo um número recorde da história da empresa”, disse.

http://www.oestadoce.com.br

About Author

Comment here