Notícias

Piso dos professores será reajustado em 7,97%, diz Confederação

Powered by Rock Convert

O valor deve passar de R$ 1.451 para R$ 1.566,48. O impacto será de R$ 2,1 bilhões, apenas na esfera municipal, estima Confederação Nacional dos Municípios. Demora na divulgação oficial do reajuste preocupa prefeitos

O piso nacional dos professores deverá ser reajustado em 7,97% a partir deste mês, segundo cálculo divulgado ontem pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Pelas estimativas da entidade, o valor deve passar de R$ 1.451,00 para R$ 1.566,48. Segundo a instituição, a estimativa obedece à Lei do Piso. Pesquisa preparada pela CNM em julho do ano passado sobre salários pagos aos docentes aponta que o impacto do reajuste do piso em 2013 será de cerca de R$ 2,1 bilhões, apenas para esfera municipal. Para a confederação, a demora na divulgação do reajuste é uma das principais preocupações dos prefeitos brasileiros.

De acordo com a CNM, de dois anos para cá, os valores só foram anunciados pelo Ministério da Educação (MEC) no fim de fevereiro. “Para o piso ser pago a partir de janeiro, o MEC deveria ter divulgado o respectivo porcentual, o que ainda não ocorreu”, afirmou o estudo.

Inflação indefinida
”Os novos prefeitos deverão reajustar os vencimentos dos professores por um índice maior do que a inflação e que ainda sequer é oficialmente conhecido”, ressaltou o presidente da instituição, Paulo Ziulkoski. O MEC não se pronunciou. (das agências)

Por quê

ENTENDA A NOTÍCIA

A CNM defende que o reajuste do piso, em vez de seguir os critérios do Fundeb, acompanhe os valores da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

 Números

1.451 é o piso nacional pago aos professores, de acordo com a lei que fixa a remuneração mínima

 1.566 é o valor do novo piso estimado pela Confederação Nacional dos Municípios

About Author

Comment here