Polícia recupera cerca de R$ 155 milhões em espécie e em bens de grupo criminoso

Impacto
Impacto

imageA Polícia Civil já recuperou cerca de R$ 155 milhõesem espécie e em bens adquiridos pelo grupo acusado de deixar um rombo de mais de R$ 300 milhões em impostos sonegados no mercado têxtil do Ceará. As informações foram repassadas nesta segunda-feira (4), em coletiva de imprensa no auditório do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro Aeroporto.

 

image (1)Na última sexta-feira (1º), a Polícia já havia recuperado R$ 2 milhões em espécie. De lá para cá, mais R$ 1 milhão foi encontrado, além de R$ 50 milhões em imóveis e mais R$ 100 milhões em mercadorias. Parte do dinheiro apreendido estava em moeda estrangeira como euro, dólar e peso chileno.

 

Ainda não foi contabilizado o valor de 21 carros apreendidos durante a Operação Dissimulare. Entre os veículos estão importados como um BMW M3 Sedan 2015/2016 que, nos sites de venda de automóveis, é avaliado em cerca de R$ 360 mil. Há ainda Range Rover, Hilux e outros de menor porte.

 

Conforme o titular da Delegacia de Crimes Contra a Administração e Finanças Públicas (DCCAFP), delegado Márcio Gutierrez, os valores ainda não cobrem os prejuízos causados pelo grupo liderado por Jovilson Coutinho de Carvalho, que ainda está foragido. Ele controlava 46 empresas de fachada.

 

Até agora, 13 pessoas foram presas.

 

Elas serão ouvidas durante esta semana.

 

Diário do Nordeste

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.