Presidente do CPSMCAM repudia informação falsa, garante que não há calote e diz que prefeita Monica é quem deve ao Consórcio

Impacto
Impacto

 

 

Segue a nota do presidente do Consórcio Público de Saúde da Microrregional de Camocim, prefeito  de Martinópole, Júnior Fontenele.

 

– O Presidente do CPSMCAM – Consórcio Público de Saúde da Microrregional de Camocim vem repudiar a matéria postada – informando que Consórcio deu calote em servidores demitidos das UPAS de Granja e Camocim – , pois não há registro de “calote” para com os funcionários.  A UPA de Granja está em dias com os pagamentos uma vez que a Prefeitura de Granja-CE repassou os recursos acordados por ocasião da Assembleia que deliberou pela municipalização das UPAS de Camocim e Granja. Ao contrário a Prefeita de Camocim, Monica Aguiar,descumpriu o acordo firmado junto ao Governo do Estado e deixou de repassar os recursos para o CEO e a Policlinica desde janeiro até os dias atuais, pois, pendente de assinatura do contrato de rateio, não autorizando assim os referidos repasses para os equipamentos de saúde. Já os demais prefeitos se encontram em dia com seus repasses e cumprindo com a obrigação de arcar com a integralidade das despesas, para que nenhuma das pessoas que necessitam dos serviços de saúde, seja qual município for, fiquem sem atendimento médico, inclusive de urgência.

 

Júnior Fontenele

 

Presidente do CPSMCAM

 

Revista Camocim  Carlos Jarde

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.