NotíciasPolítica

Programa Brasil Sem Miséria dá R$ 2,4 mil para produção de renda

Powered by Rock Convert

Um dos projetos do programa Brasil sem Miséria é destinar R$ 2.400,00 para que uma família, ligada ao Bolsa Família, possa fazer um pequeno projeto produtivo para produzir renda. No caso do Ceará, esse projeto é acompanhado pela Ematerce que acompanha as famílias, faz o cadastramento e propõe o tipo de projeto.

A observação é do secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, adiantando que, no Ceará, já existem 20 mil famílias atendidas pelo programa e que a meta é duplicar esse número, ainda neste ano. O secretário viajou a Brasília, para fechar convênio no Ministério do Desenvolvimento Social, sobre essa questão.

Aproveita para manter contatos na Fundação Banco do Brasil, quando fecha convênio, para implantar, no Estado, 363 projetos produtivos para a Agricultura Familiar. Vai também ao Ministério da Integração Nacional para fechar convênio de 120 projetos de abastecimento de água, cuja licitação deve ocorrer ainda neste mês.

Terá outra reunião, na mesma Pasta, onde fechará convênio para a produção de palma forrageira, para implantar no Ceará 30 mil hectares com essa planta. Outro convênio a ser implantado no Estado é para 16 casas de farinha, que usarão a mandioca, planta resistente à seca, como matéria-prima desse tipo de alimento.

Empréstimo
Nelson Martins informa que, hoje, já de volta de Brasília, terá uma reunião com o diretor geral do Dnocs, Emerson Fernandes, para acertar o empréstimo de 700 hectares, no perímetro irrigado Jaguaribe-Apodi para, através de pivôs centrais, começar a produção de forragem no Estado, para alimento dos animais.

O secretário ressalta que já ocorreu o leilão que vai trazer, de navio, 30 mil toneladas de milho para o Ceará. Ele prevê que o milho deverá chegar no começo de junho próximo, em regime de doação, e com a venda do produto será possível fazer o pagamento com a despesa de transporte na sua distribuição no interior.

http://www.oestadoce.com.br

About Author

Comment here