Notícias

Programa já está disponível na internet

Powered by Rock Convert

 A Receita Federal disponibiliza a partir de hoje o programa para o preenchimento da declaração do Imposto de Renda 2013. Os contribuintes devem acessar o site da Receita para obter uma cópia do programa para download. O programa é gratuito e, desde 2011, esse é o único meio para o preenchimento da declaração, não sendo mais permitido o formulário de papel. Após instalar o programa, os contribuintes podem preencher a declaração. No entanto, o envio para a Receita só será permitido a partir do dia 1º de março, quando começa o prazo de entrega. As declarações poderão ser entregues pelo programa Receitanet ou, em disquete, nas agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Novidade

Neste ano, de acordo com o Superintendente da Receita Federal no Ceará, Moacyr Mondardo, o programa contará com a vantagem de recuperar, automaticamente, informações fornecidas na declaração do ano passado. Dessa forma, ao iniciar o preenchimento, será possível escolher a opção de importar os dados de empresas pagadoras e recebedoras para a declaração atual. No entanto, segundo Mondardo, apenas serão recuperados os nomes das instituições e o CNPJ. Os valores deverão ser fornecidos pelo contribuinte.  Além disso, conforme Mondardo, durante o preenchimento da declaração os contribuintes poderão doar até 3% do Imposto de Renda devido ou do valor a ser restituído para fundos de ajuda à criança e ao adolescente inscritos no programa da Receita. Cerca de 200 fundos estão cadastrados para receberem as doações. Os recursos, em vez de serem destinados ao Leão, serão direcionados, automaticamente, para o fundo escolhido. Quem já doou no ano passado, por sua vez, pode ter até 6% de limite para o abatimento na declaração de 2013. “Espera-se que, com isso, o volume de doações a esses fundos aumentem”, afirma Mondardo. De acordo com o superintendente, as empresas têm até a próxima quinta-feira, 28, para entregar a todos os funcionários, servidores ou prestadores de serviço o comprovante de rendimentos com os valores do Imposto de Renda recolhido na fonte. Conforme Mondardo, o erro no preenchimento dos valores referentes aos rendimentos é um dos principais motivos que têm levado contribuintes para a malha fina. “Ele deve ter atenção ao preencher a declaração, colocando todas as fontes de rendimento. Se os dependentes tiverem fontes de renda, elas devem ser declaradas. Nesse acaso, até mesmo, o contribuinte deve avaliar se vale à pena colocar o dependente ou não”, sugere.

ENTENDA A NOTÍCIA

Contribuintes que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 24.556,65 ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte, acima de R$ 40 mil devem declarar.

 SERVIÇO

 Baixe o programa para a declaração do IR 2013

Quando: a partir de hoje, às 8h.

Onde: www.receita.fazenda.org.br

 

About Author

Comment here