Sete cidades-sede da Copa terão 75% dos clubes da Série A

admin
admin

No ano em que receberão a Copa do Mundo, sete das 12 cidades-sede contarão com representantes na primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Dos 20 clubes da elite do futebol nacional, 15, ou 75%, jogam nestas capitais. Mas não necessariamente nos estádios do Mundial.

De volta da Série B, o Palmeiras junta-se aos paulistanos São Paulo e Corinthians. A Portuguesa foi rebaixada após punição do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

O rebaixamento do Vasco deixou o Rio com três equipes: Botafogo, Flamengo e Fluminense.

Jefferson Bernardes-29.jun.2013/AFP
Vista do lado de fora do Maracanã, no Rio de Janeiro
Vista do lado de fora do Maracanã, no Rio de Janeiro

Belo Horizonte possui o campeão brasileiro Cruzeiro e o vencedor da Taça Libertadores da América, o Atlético Mineiro.

Porto Alegre marca presença com Grêmio e Internacional. Curitiba, com Atlético Paranaense e Coritiba. Salvador, com Vitória e Bahia.

Apesar de a Arena Pernambuco se localizar em São Lourenço da Mata, na zona metropolitana de Recife, a capital do Estado é considerada pela Fifa e pelo Comitê Organizador Local como sede do Mundial. Ela tem o retorno do Sport para compensar o descenso do Náutico.

Além das partidas da Copa no Itaquerão, no Maracanã, no Mineirão, no Beira-Rio, na Arena da Baixada, na Fonte Nova e na Arena Pernambuco, outros estádios dessas cidades serão usados para treinos de seleções, como aconteceu na Copa das Confederações de 2013.

São Januário, Independência, Pituaçu e Barradão, por exemplo, abrigaram treinamentos dos selecionados em junho.

DE FORA

As outras cidades com times no principal escalão do Brasileiro serão Goiânia, Santos, Criciúma, Florianópolis e Chapecó. Cada uma terá uma equipe na Série A.

As cinco sedes do Mundial sem representação na elite boleira são Brasília, Fortaleza, Natal, Manaus e Cuiabá.

O Ceará deixou escapar o acesso na última rodada, por isso Fortaleza não voltou ao andar de cima.

ABC e América escaparam do descenso e garantiram Natal, pelo menos, na Série B.

A capital mato-grossense manteve-se na terceira divisão com o Cuiabá.

Manaus e Brasília nem isso conseguiram, mas podem receber partidas da Série A. Em 2013, a capital federal sediou partidas no estádio Mané Garrincha após negociar mandos de campo de Flamengo, Vasco, Botafogo e Santos.

O Castelão, em Fortaleza, foi palco de Portuguesa 0x0 Flamengo.

ELEFANTES VERDES

A CBF criou para 2014 a Copa Verde, que reunirá 16 clubes dos sete Estados da região Norte, do Distrito Federal, do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul e do Espírito Santo. O campeão se classificará para a Copa Sul-Americana de 2015.

O site da confederação informou que a nova competição terá “como atração três estádios construídos para a Copa do Mundo e que sediarão suas partidas antes mesmo do Mundial”.

Trata-se da Arena Pantanal, em Cuiabá, do Mané Garrincha, em Brasília, e da Arena da Amazônia, em Manaus.

Jefferson Bernardes-14.jun.2013/AFP
Fachada do estádio Mané Garrincha, em Brasília
Fachada do estádio Mané Garrincha, em Brasília

Fonte: Folha de S.Paulo

 

 


Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.