Termina hoje prazo para declarar IR 2018. No CE, 78 mil cearenses ainda não declararam

Impacto
Impacto

 

 

Termina nesta segunda-feira, 30, o prazo para os contribuintes declararem o Imposto de Renda 2018, ano base 2017. Os brasileiros têm até às 23h59 de hoje para prestar contas ao Leão. Até às 16 horas desse domingo, 29, quase 25 milhões de contribuintes já haviam declarado o Imposto de Renda. A expectativa da Receita Federal é receber 28,8 milhões de declarações.

 

No Ceará, 78 mil dos 635 mil cearenses aptos a declarar – o que corresponde a 12,2% do número total – ainda não quitaram sua situação junto ao Fisco, como explica o auditor fiscal da Receita Federal, Vitor Casimiro, em entrevista à edição desta segunda-feira, 30, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 24 emissoras no Interior).

 

O auditor da Receita Federal lembrou que o contribuinte que não enviar a declaração ou enviar o documento fora do prazo terá que pagar multa de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo da multa corresponde a 20% do imposto devido.

 

Aqueles que enviaram a declaração no começo do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências vão receber mais cedo as restituições do IR – caso tenham direitos a elas. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade. O governo começará a restituir os contribuintes, que não caíram em malha fina, a partir de 15 junho. O pagamento acontece até 17 de dezembro.

 

Quem é obrigado a declarar?

 

Há uma série de situações que obrigam uma pessoa a fazer a declaração de Imposto de Renda. Se você se enquadrar em pelo menos uma delas, já está obrigado a entregar o IR 2018. São elas:

 

– Recebeu mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano passado (salário, aposentadoria ou aluguéis, por exemplo);

 

– Ganhou mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte em 2017 (como indenização trabalhista, rendimentos de poupança ou de outros investimentos);

 

– Era dono de bens (imóveis, veículos, entre outros) que somam mais de R$ 300 mil;

 

Confira no anexo abaixo a entrevista completa com o auditor fiscal da Receita Federal, Vitor Casimiro, à edição desta segunda do Jornal Alerta Geral

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.