GranjaNotícias

Vovô levou a melhor

Powered by Rock Convert

Zagueiro Rafael Vaz comemora após abrir o placar da vitória do Ceará sobre o Fortaleza por 2 a 0 no primeiro Clássico-Rei da Arena Castelão Alvinegros levaram a melhor no primeiro Clássico-Rei da nova Arena Castelão. O Ceará aproveitou melhor as oportunidades em campo e venceu o Fortaleza, na tarde de ontem, por 2 a 0, pela quarta rodada da segunda fase do Campeonato Cearense. Os gols foram marcados por Rafael Vaz e Magno Alves.  Com o resultado, o Leão perdeu o aproveitamento 100% no Estadual, continuou com nove pontos e caiu para terceiro lugar. Já o Vovô subiu para seis pontos, mas permanece fora do G-4. É o quinto na tabela. O próximo confronto do Ceará será contra o Ferroviário, na quinta-feira, às 20h15min. A equipe do Fortaleza joga na quarta, contra o Tiradentes, às 22 horas, no Alcides Santos.
A primeira etapa começou com as duas equipes em ritmo veloz. Ceará e Fortaleza imprimiram correria, muita marcação e desarmes no meio campo e pelas laterais. Os lances de perigo, no entanto, foram poucos. Nos 45 minutos iniciais, prevaleceram os erros de passe e a falta de organização tática. O lance mais enfático do Ceará precedeu a abertura do placar.  Aos 32 minutos, Pingo acertou belo passe para Vicente e deixou o lateral esquerdo de cara para o gol tricolor, mas o chute foi em cima do goleiro. Dois minutos depois, Rafael Vaz arrematou de fora da área. A bola desviou em Marinho Donizete e foi para o fundo do gol, abrindo o placar. Este foi o primeiro tento do Vovô na Arena Castelão. A equipe de Hélio dos Anjos buscou recuperação imediata. Tentou pressionar, mesmo sem consistência nas jogadas de ataque. Os lances de perigo foram protagonizados pelo atacante Assisinho. Aos 42, o camisa 11 encontrou espaço e chutou em diagonal. Bola passou perto do gol defendido por Fernando Henrique, que ainda se esticou por precaução.  No retorno para o segundo tempo, o Fortaleza seguiu buscando o gol de empate. Mas a zaga do Ceará voltou melhor  postada e não deu espaços. A marcação, pela construção da partida, ficou mais acirrada. As tentativas do Leão partiam dos pés de Assisinho, principalmente. O time de Dimas Filgueiras apostava nos contra-ataques. Aos 13 minutos, Ricardinho chutou direto ao gol, em cobrança de falta. João Carlos segurou a bola, mas soltou e Magno Alves aproveitou o vacilo para ampliar o marcador: 2 a 0. A comemoração do jogador fez a torcida do Vovô cantar ainda mais. O Fortaleza ainda buscou diminuir. As jogadas do Leão não passaram de raros lances arquitetados próximo à área do rival.
A pressão foi maior do Tricolor nos minutos finais. Com entradas de Edinho e Guto, o Fortaleza levou perigos em jogada individual e bola parada, respectivamente. O Clássico-Rei chegou ao fim com os mandantes administrando o jogo e diminuindo, aos poucos, a correria no gramado. Após semana turbulenta, a equipe vencedora saiu aplaudida e com os torcedores presentes cantando o hino alvinegro. 

Gols: Rafael Vaz (34’/1ºT) e Magno Alves (13’/2ºT)
Renda: R$ 313.399,00

Público: 18.173 pagantes (540 não pagante)

http://www.opovo.com.br

About Author

Comment here