Notícias

Vovô recebe outro ´não´

Powered by Rock Convert

Ceará tentou contratar Mota no último dia de inscrições para o Nordestão, mas não chegou a um acordo
Atacante alvinegro passou pelo Ceará em quatro ocasiões: 1998, de 2000 a 2003, em 2009 e em 2012, ganhando o status de ídolo da torcida FOTO: KIKO SILVA
No último dia do ano passado, Mota disse não ao Ceará. Menos de 40 dias depois, o jogador, que continua sem clube para 2013, foi alvo de uma nova investida do Vovô, na última sexta-feira, 8, antes do encerramento das inscrições para a fase final da Copa do Nordeste.
Mas a exemplo do ocorrido em 31 de dezembro, as partes não chegaram a um acordo. O vice-presidente do clube, Robinson de Castro, confirmou uma nova tentativa para contratar o atacante, nos mesmos moldes da proposta anterior, ou seja, ganhando o teto salarial do clube.
“O que oferecemos ao Mota foi nosso teto financeiro. Na sexta-feira, em uma reunião com seu representante, nós reiteramos esse interesse, de renovar o seu contrato, nas bases do ano anterior, que é o teto salarial do clube”, revela.
“O Lulinha (último reforço do clube), por exemplo, não está nesta condição. Não por ser maior ou menor em valor como jogador, mas porque temos de olhar o Mota de modo diferente, pela relação que tem com o clube. Infelizmente, ele não aceitou, segundo seu procurador, o que inviabiliza sua participação na Copa do Nordeste”, lamenta o dirigente.

Interesse continua

Se um acerto com Mota ainda ocorrer mais para frente, o jogador não atuaria no Nordestão, mas, segundo a diretoria, seria útil em outras competições, como o Campeonato Cearense (o Vovô estreia em março, na 2ªFase), a Copa do Brasil e a Série B. “O Mota é útil em todas as situações. Ele joga aqui tranquilamente, em qualquer competição”, pondera.
Robinson lembrou que a contratação de Mota fica mais difícil à medida que jogadores são contratados, limitando a condição orçamentária do clube. “Mesmo que, após algumas avaliações internas do elenco, haja dispensas de jogadores, poderá chegar um momento em que não poderemos mais contratar o Mota, porque teremos esgotado nossa condição orçamentária. Hoje estamos em uma situação próxima desse esgotamento”, adverte.
Assim, o dirigente teme que, mesmo que o jogador mude de ideia, um acerto não seja mais possível. “Queremos o Mota, mas pode chegar o momento em que, mesmo ele querendo, não vai ser possível a contratação”.
Time pode ter novidades

Se depender do treinamento de ontem no Vovozão, o técnico Ricardinho deve lançar em campo um Ceará com duas novidades para o duelo de amanhã, 14, contra o Vitória, no PV, às 21h15 (de Fortaleza), pelas quartas-de-final da Copa do Nordeste.
Na atividade de ontem, o treinador escalou um time com o atacante Anselmo como titular e o meia Lulinha entrando no decorrer do coletivo. O centroavante seria titular pela primeira vez desde que chegou ao clube, no dia 24 de janeiro.
O jogador declarou que está pronto para iniciar uma partida com titular pelo Vovô. “Desde que cheguei aqui, estou trabalhando forte para ter esta oportunidade. Estou confiante em começar jogando já nesta partida contra o Vitória”, declarou.
A equipe que iniciou o treinamento foi: Fernando Henrique; Eric, Cleiton, Rafael Vaz e Gerley; Régis, Diogo Orlando, Ricardinho e Luiz Henrique (Lulinha); Magno Alves e Alselmo.
Durante a atividade, o volante João Marcos entrou no posto de Régis. O capitão do time, voltou a treinar depois de se recuperar de entorse no tornozelo. A outra alteração foi a entrada de Lulinha, saindo Luiz Henrique.
O ex-meia do Corinthians já havia treinado como titular no sábado e pode aparecer no time.

Vetado

O lateral-esquerdo Vicente está vetado para as duas partidas contra o Vitória pelo Nordestão, a última no dia 17, em Salvador. O jogador não se recuperou de lesão na panturrilha.

VLADIMIR MARQUES
REPÓRTER- diariodonordeste.globo.com

About Author

Comment here