Apesar de não ser ‘objetivo de vida’, Marina diz que tem disposição para ser presidente

admin
admin

Potencial candidata ao Palácio do Planalto em 2014, Marina Silva declarou nessa quarta-feira (23/10), que tem toda disposição para suceder a presidente Dilma Rousseff (PT), apesar desse não ser o seu objetivo de vida.

Depois de afirmar na semana passada que não pretende ser presidente da República, Marina voltou a tocar no assunto: “Não tenho como objetivo de vida ser a presidente da República. Tenho como objetivo de vida lutar para o Brasil ser melhor, para o mundo ser melhor, e, se para isso necessário for ser presidente da República, tenho toda a disposição, como tive em 2010”.

No dia 5 último, Marina decidiu filiar-se ao PSB, governador de Pernambuco, Eduardo Campos, após ter vetado pela Justiça Eleitoral o registro da Rede Sustentabilidade, partido que tentava formalizar a tempo de disputar a eleição.

A ex-ministra tem feito declarações sobre a decisão e explica que resolveu ir para o PSB com Campos na condição de candidato, mas que a formalização da chapa que enfrentará Dilma Rousseff só será feita em 2014.

Na mesma entrevista, a ex-senadora, em mais uma crítica ao governo petista, afirmou que a presidente desengavetou um programa com foco em agroecologia por causa da conjuntura política e que Dilma sabe que perderá votos na disputa do ano que vem se não tiver ao menos um discurso ligado à área ambiental. “A sociedade está de fato pautando”, afirmou.

Com Agências

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.