Falta de água paralisa atividades da agricultura irrigada no Ceará a partir de dezembro

Impacto
Impacto

falta-de-agua-paralisa-atividades-da-agricultura-irrigada-no-ceara-a-partir-de-dezembro

 

 

A seca que atinge o Estado do Ceará há mais de cinco anos vai paralisar as atividades da agricultura irrigada a partir do próximo mês de dezembro. O alerta é do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC), Flávio Saboia.
Segundo ele, uma das regiões mais atingidas será o Vale do Jaguaribe, onde se concentram as grandes empresas de fruticultura do Estado, responsáveis por alavancar o Ceará como grande exportador de fruta para Europa e Estados Unidos.
Além disso,  Flávio Sabóia chama atenção que mais de 3 mil trabalhadores rurais serão demitidos, pois as empresas não terão como mantê-los.

 

“Para a agricultura moderna, profissionalizada e voltada para negócios de exportação, nós estamos praticamente paralisados. Além disso, vários produtores estão se dirigindo a outros Estados na tentativa de minizar seus prejuízos”, ressalta o presidente da FAEC.

 

Ouça abaixo trecho da entrevista:

 

 

Ceara News

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.