Prefeito de Morada Nova acusa Rede Globo de “fazer contrato” para prejudicá-lo

Impacto
Impacto

 

FANTASTICOI-1

 

 

Tanto o Ministério Público quanto a Polícia Federal já têm provas que ligam Wanderley a empréstimos fraudulentos. Ele está envolvido em calote de R$ 41 mi ao BNB, além de ser investigado na Lava Jato

 

O prefeito de Morada Nova, Wanderley Nogueira (PT), foi o personagem principal do  quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, nesse domingo (26), no Fantástico. Ele está envolvido em um calote de R$ 41 milhões ao Banco do Nordeste, além de ser um dos investigados na Operação Lava Jato. Mesmo com esse currículo, Wanderley usou o Facebook para dizer que a reportagem “é mais um ‘tiro que sai pela culatra’, ao invés de atingir o alvo, o projétil ardil esfacela-se em meio aos derrotados”.

 

wand

 

Se o prefeito  acha que a reportagem foi comprada e não surtiu efeito, basta ler os comentários abaixo de sua postagem. Aqui é apenas um exemplo.

 

Em nota ao Fantástico, o advogado de Wanderley afirmou que caso haja alguma acusação formal será a oportunidade para demonstrar a sua defesa e, consequentemente, a sua inocência.

 

Tanto o Ministério Público quanto a Polícia Federal já têm provas que ligam Wanderley a empréstimos fraudulentos no Banco do Nordeste.

 

Assista à íntegra da reportagem do Fantástico

 

 

Ceará News

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.