Detento foge de cadeia para “ter conversa” com juíza em fórum

Impacto
Impacto

212Após fugir da Cadeia Pública de Uruoca, David Albuquerque Araújo, de 25 anos, foi até o Fórum local, a cerca de 300 metros da unidade, procurar a juíza titular da comarca. Ele disse querer “conversar” com a magistrada sobre a acusação que responde por tentativa de homicídio. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira, 5.

 

David pulou o muro da unidade, por volta das 8h30min, durante banho de sol e se dirigiu ao fórum, tentando ingressar no gabinete onde a juíza estava. O homem não chegou a fazer ameaças, segundo O POVO apurou. Funcionários, então, acionaram o Destacamento da Polícia Militar (PM) do Município, que funciona no mesmo prédio da cadeia.

 

Os PMs contiveram o homem e reencaminharam-no à cadeia. A juíza só foi informada do fato após David ser retirado do local. Ela passou a ser a titular da comarca em fevereiro deste ano e não havia tomado ainda nenhuma decisão sobre o processo.

 
O POVO apurou que a juíza coordenará uma visita de inspeção à cadeia ainda nesta semana. Em 2013, relatório de inspeção feito pela Corregedoria-Geral de Justiça descrevia a Cadeia de Uruoca como tendo “péssimas” instalações físicas. Haveria infiltrações “com parede molhada por vazamentos em tubulações e instalações elétricas precárias”. O documento também afirmava que haveria superlotação na cadeia e que a alimentação dos presos é providenciada pelos seus familiares mediante fornecimento de cestas básicas pela Secretaria de Justiça.

 

Desde então, nenhuma reforma foi feita na unidade, segundo apurou a reportagem. O POVO Online não conseguiu contatar a administração da cadeia na manhã desta quarta-feira. Já a assessoria de comunicação da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) não podia responder aos questionamentos do O POVO Online nesta manhã, por participar de evento no presídio Auri Moura Costa, em Aquiraz (Grande Fortaleza). Uma resposta foi prometida “assim que possível”.

 

 

Informações O povo

 

 

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.