Região de Aracati pode ganhar usina

admin
admin

O prefeito de Aracati, Ivan Silvério, é o novo presidente do Comares (Consórcio Municipal para Aterro de Resíduos Sólidos), Unidade de Aracati, em eleição realizada  na última sexta-feira, tendo a prefeita de Fortim, Aninha de Kito, como vice. O prefeito de Icapuí, Jerônimo Reis, é o diretor financeiro, enquanto Ana Teresa, de Jaguaruana, foi escolhida para ocupar a diretoria administrativa, e o gestor de Itaiçaba, José Orlando, responderá pela diretoria operacional.

A assembleia que escolheu a nova diretoria foi realizada na sede do Instituto para Desenvolvimento de Consórcios (IDC), e foi comandada pela advogada Regina Lúcia de Pinho Rego. Consciente dos altos custos que envolvem a sustentabilidade correta de um aterro e da indisponibilidade financeira dos municípios, principalmente dos de pequeno porte, o Governo do Estado resolveu incentivar a solução desta problemática, através de consórcios. Seguindo estudos realizados, a política governamental visa dotar todos os 184 municípios de 30 equipamentos para a correta destinação dos resíduos sólidos urbanos.

Segundo o deputado Dedé Teixeira, a nova diretoria do consórcio vai trabalhar pela implantação de uma usina de processamento de resíduos sólidos, para onde o lixo dos cinco municípios integrantes deverá ser destinado. “Já há um grupo estrangeiro interessado em implantar três usinas do tipo no Ceará, sendo duas de grande e uma de menor porte, e a região de Aracati foi pré-selecionada para receber o equipamento”, adianta o deputado.

fonte: http://www.oestadoce.com.br

Visita
Como representante da Assembleia Legislativa do Ceará, o parlamentar integrou comitiva que visitou, durante uma semana, instalações de usinas de processamento de resíduos sólidos na Ilha de São Miguel, no Arquipélago dos Açores, região autônoma integrante do território português e na própria cidade de Madri. Os secretários Nelson Martins (Desenvolvimento Agrário) e Camilo Santana (Cidades), também compuseram a comitiva.

De acordo com Dedé, a visita teve por objetivo proporcionar aos membros da delegação, conhecer experiências exitosas mediante tecnologias economicamente corretas que vêm sendo aplicadas naqueles países, no tocante ao tratamento e destinação de resíduos sólidos, bem como, em futuro próximo, possibilitar a implantação de tais tecnologias em regiões consorciadas no Ceará.

Na ocasião, o deputado alertou para as metas da Política Nacional de Resíduos Sólidos, entre elas a de pôr fim aos lixões até 2014. “Uma diretriz importante dessa política é a de que estados, municípios e Distrito Federal só terão acesso a recursos federais para empreendimentos e serviços de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos se tiverem aprovados seus próprios planos regionais de gerenciamento, cujo prazo era até agosto deste ano”, completou.

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.